Por Eduardo Luiz
28/01/2022, 08h00

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Fenômeno da base Palmeirense – foi o principal destaque do time Sub-20 na conquista da Copa São Paulo, o atacante Endrick, de apenas 15 anos, já entrou no radar de gigantes da Europa, como Real Madrid e Barcelona. Alheio às especulações – até porque não pode deixar o Brasil antes dos 18 anos, o garoto disse que seu objetivo é fazer história no Verdão.

“Eu tento focar no Palmeiras, deixar isso (sondagens dos europeus) de lado, para os meus empresários e para o staff do Palmeiras. Fico tranquilo com isso, com a minha família. Deixo essas especulações de lado, meus empresários trabalham com isso”, comentou o atacante, em entrevista coletiva concedida ontem.

Focado no Palmeiras, Endrick não definiu uma idade que considere ideal para deixar o país: “Não tenho uma idade certa, deixo Deus conduzir isso. Creio que, enquanto estiver aqui, vou sempre querer buscar mais títulos. Se Deus quiser, vamos passar muitos anos juntos e conquistar muitos títulos”.

Por fim, o jogador disse que entendeu a posição do técnico Abel Ferreira em não inscrevê-lo no Mundial: “Todo atleta sonha em jogar o Mundial, claro que eu sonho também. Mas eu mantenho a calma, tenho bastante calma. O Abel está super certo”.

Em julho, quando completar 16 anos, Endrick poderá assinar seu primeiro contrato profissional. Tanto seu pai quando seu empresário já manifestaram que não existe risco do atacante deixar o Palmeiras nesse processo de transição.