Por Eduardo Luiz
24/01/2022, 00h12

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Apesar da pressão do empresário Wagner Ribeiro, o Palmeiras não irá inscrever o atacante Endrick no Mundial de Clubes, que será disputado em meados de fevereiro nos Emirados Árabes. A decisão é do técnico Abel Ferreira, que tornou pública após a vitória sobre o Novorizontino pela estreia do Campeonato Paulista, no domingo.

“O Endrick é um menino de 15 anos. Por muita qualidade, os meninos estão na final da Copinha, e quero aproveitar para felicitá-los pelos jogos que fizeram no Brasileirão em um nível excelente, representaram muito bem o time, mas, sobre o Endrick, vamos para o Mundial, e se o clube achar por bem comprar uma passagem para a Disneylândia para ele e a família é o que ele precisa. Ele tem 15 anos, é uma criança”, disse o treinador.

Abel não quer queimar etapas com o garoto, apontado como a maior revelação da base Palmeirense em anos: “Gosto de olhar para estes jogadores e dar tempo ao tempo. Acho muito boa esta gestão feita pela diretoria e comissão da base do Palmeiras, que fazem um trabalho extraordinário. Não tenham pressa, nem ansiedade. Mais cedo ou mais tarde ele vai jogar na equipe principal, mas com 15 anos, se Deus quiser com o trabalho deles ganhar a Copinha, o clube dar uma passagem para ele e a família para a Disneylândia é o melhor que vai fazer seguramente para ele continuar a brincar, porque ele só tem 15 anos”.

O Palmeiras enviará ainda nesta segunda-feira (24/1) à Fifa a lista final de inscritos no Mundual. No começo do mês o clube pré-inscreveu 34 jogadores, e agora precisará reduzir a lista para 23 nomes.

Clique aqui e acesse a página do Mundial.