Por Eduardo Luiz
16/10/2022, 18h11

Gustavo Scarpa desperdiçou a penalidade e Verdão ficou no 0 a 0 com o São Paulo no Allianz Parque. Vantagem na liderança cai para 8 pontos.

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Primeiro tempo

Sem surpresas na escalação, ou seja, com Merentiel no lugar de Rony, suspenso, o Palmeiras iniciou a partida marcando muito mal o São Paulo, que foi melhor nos primeiros 15 minutos. Aos 6, Danilo vacilou ao não dar o bote em Igor Vinícius, que tocou para Reinaldo bater cruzado, para fora. Aos 12, foi a vez de Luciano carregar a bola ser incomodado; ele tabelou com Patrick e chutou à esquerda de Weverton.

A primeira investida de mais perigo do Verdão surgiu apenas aos 17 minutos: Scarpa cruzou fechado, Merentiel quase resvalou, e o goleiro afastou com um soco. Depois desse lance o clássico ficou pegado, com o árbitro deixando o São Paulo bater à vontade e marcando falta em qualquer encostão dos Palmeirenses.

Aos 27 minutos, após cobrança de escanteio, Ferraresi ajeitou de cabeça para Miranda escorar por cima do travessão. Aos 33, Dudu virou o jogo para Marcos Rocha bater cruzado, para fora. Aos 42 minutos Dudu pedalou pra cima da marcação e bateu fraco, fácil para Felipe Alves. No lance seguinte foi a vez de Danilo chutar fraco, consagrando o goleiro adversário.

Num escanteio para o São Paulo aos 44 minutos, Ferraresi agrediu Danilo ainda com a bola parada. O árbitro não teve como não expulsar o zagueiro sãopaulino. Antes do primeiro tempo terminar o Verdão tentou tirar proveito da vantagem numérica; aos 46, Dudu puxou contra-ataque e tocou para Danilo finalizar no meio do gol. Aos 47, Piquerez cruzou para Merentiel desviar de primeira e parar em milagre do goleiro.

continua após a publicidade

Segundo tempo

Sem alterações no intervalo, o Verdão voltou para o segundo tempo apostando na mudança de postura. Logo aos 53 segundos Scarpa arriscou de fora da área, mas mandou nas mãos do goleiro. Pouco depois, o camisa 14 se envolveu em choque de cabeça com Miranda e o clássico ficou paralisado por quase 5 minutos.

Quando a partida recomeçou o Palmeiras seguiu em cima. Aos 15 minutos Scarpa fintou seu marcador e bateu no contrapé de Felipe Alves, que foi buscar. Aos 16, a bola sobrou para Piquerez, que arriscou e errou o alvo. Na sequência o técnico Abel Ferreira promoveu alteração tripla: Gabriel Menino, Atuesta e Endrick entraram nos lugares de Zé Rafael, Mayke e Merentiel, respectivamente.

Aos 17 minutos o VAR chamou o árbitro para analisar uma mão de Carllei dentro da área. Diante das imagens claras, o juiz assinalou a penalidade. Dois minutos depois Scarpa foi para a cobrança e parou no goleiro. O Palmeiras tentou não se abalar. Aos 22, Scarpa cobrou escanteio e Gómez escorou nas mãos de Felipe Alves. No minuto seguinte o camisa 14 cobrou bem uma falta e voltou a parar no seu algoz.

Só dava Verdão. Aos 25 minutos Menino tocou para Scarpa carimbar a zaga. Aos 28, Dudu cruzou para Gabriel Menino escorar de cabeça, para fora. Quatro minutos mais tarde Abel trocou Danilo por Flaco López. Aos 32, Menino arriscou da entrada da área, sem direção. O São Paulo foi finalizar pela primeira vez no segundo tempo aos 38 minutos com Calleri, mas Weverton estava atento e fez a defesa.

A última troca do Palmeiras aconteceu aos 40 minutos: Dudu deu lugar a Breno Lopes. Aos 45, Endrick ganhou na corrida de Beraldo e arrancou rumo ao gol, mas o zagueiro sãopaulino o segurou, cometeu a falta e foi expulso.

A falta originada do lance anterior foi cobrada apenas aos 48 minutos, por Gabriel Menino, que mandou por cima do travessão. No lance seguinte o volante teve outra oportunidade, de canhota, mas voltou a errar o alvo. Apesar dos 11 minutos de acréscimo, o Palmeiras não conseguiu criar mais nenhuma situação para sair vencedor.

Com o empate, o time de Abel Ferreira vai a 68 pontos e vê a vantagem na liderança cair para 8 pontos. Há duas rodadas, era de 12. Restam 6 jogos.

O Verdão volta a campo às 21h do próximo sábado (22/10) para enfrentar o Avaí, novamente no Allianz Parque.

Notícias relacionadas: