Por Eduardo Luiz
12/02/2022, 17h54

(Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Ao final do jogo em Abu Dhabi, os zagueiros Gustavo Gómez e Luan falaram sobre a derrota do Palmeiras para o Chelsea na final do Mundial. O capitão se disse triste, mas orgulhoso dos companheiros, enquanto que o camisa 13 lamentou a marcação do pênalti que decidiu a partida.

“A gente fica triste, mas acho que todo mundo vai dormir tranquilo, porque deixamos tudo, lutamos até o fim e demonstramos que podemos competir de igual para igual com os melhores do mundo”, iniciou Gómez, em entrevista à TV Bandeirantes.

“Os detalhes fazem muita diferença e tivemos nossa chance. Mas, como falei, estou muito orgulhoso dos meus companheiros, de todo o nosso elenco e da torcida também. A gente está triste, mas fica tranquilo”, completou o paraguaio.

Envolvido no lance que resultou no gol da derrota, Luan acredita que a marcação do pênalti foi injusta: “A gente não tem como mudar a regra… Acredito que seja um movimento do corpo, quando você pula. Tentei depois trazer, mas não teve como. É triste demais, muito tempo de preparação, de um sonho. É uma vida. Não tenho muito o que falar. Não gosto de me vitimizar”.