Por Eduardo Luiz
23/06/2022, 23h39

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Na avaliação do meia Gustavo Scarpa, a derrota para o São Paulo no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil se explica pela baixa efetividade do Palmeiras nas finalizações – o time não acertou um único chute no gol do adversário. A título de comparação, no clássico de segunda-feira foram 7 arremates no alvo.

“Eles começaram melhor, mais intensos. No segundo tempo tivemos mais personalidade, que é o que a gente sempre precisa. Colocamos a bola mais no chão e arriscamos mais. Mas diferente de segunda-feira, a gente não foi efetivo nas finalizações. Paciência. Temos mais um jogo, é um resultado reversível. Temos que dar o nosso melhor, mas não tem nada perdido”, iniciou o camisa 14.

“A gente acordou depois que tomou o gol, mas a equipe adversária tem méritos, o time dos caras é bom para caramba. Precisamos ter paciência e vamos tentar virar o jogo em casa” completou Scarpa, em entrevista ao Prime Video.

Antes de reencontrar o São Paulo pela Copa do Brasil (em 14/7), o Palmeiras disputará 3 jogos pelo Brasileirão e os dois das oitavas de final da Libertadores contra o Cerro Porteño. O primeiro compromisso será no domingo (26/6), contra o Avaí, em Santa Catarina.