Por Eduardo Luiz
22/10/2022, 22h58

Gols da vitória por 3 a 0 foram anotados por Scarpa, Dudu e Vanderlan; Hendeca será confirmado com mais 7 pontos.

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Primeiro tempo

Sem surpresas na escalação, ou seja, com Luan substituindo o suspenso Murilo, e com Rony de volta no lugar de Merentiel, o Palmeiras iniciou o jogo partindo para cima do Avaí. Logo aos 52 segundos Danilo pegou uma sobra da entrada da área e chutou por cima. No lance seguinte Rony interceptou um passe de Kevin, chapelou o goleiro e sofreu o pênalti. Aos 3 minutos Scarpa foi para a cobrança e converteu, se redimindo do erro no clássico: 1 a 0.

Ao contrário do esperado, o gol relâmpago alviverde não fez o time de Abel Ferreira aumentar a pressão. O Avaí se ajustou a passou a levar certo perigo. Aos 8 minutos Jean Pyerre arriscou de média distância, a bola desviou em Gómez e saiu em escanteio, que não resultou em nada. Aos 12, um susto: após cobrança de lateral, Luan e Piquerez bateram cabeça e a bola sobrou para Renato, que carimbou a trave.

O Verdão respondeu aos 14 minutos: Scarpa cobrou escanteio fechado, Vladimir afastou nos pés de Dudu, que também parou no goleiro adversário. Aos 19, Rony ajeitou para Dudu bater para fora. O Palmeiras tinha nas bolas bolas paradas de Scarpa sua arma mais efetiva. Aos 27, o camisa 14 cobrou escanteio e Kevin quase desviou contra a própria meta. Dois minutos depois Bruno Silva recebeu livre e soltou a bomba, por cima.

Aos 33 minutos o Verdão construiu uma bela jogada pelo lado direito do ataque que terminou com Zé Rafael isolando bom cruzamento de Marcos Rocha. Aos 42, Rafael Vaz subiu sozinho após cobrança de escanteio e escorou à esquerda de Weverton.

Antes do primeiro tempo terminar o Palmeiras chegou mais duas vezes: aos 44 minutos Piquerez quase marcou um belo gol de direita; Vladimir tirou com os olhos. Aos 46, Scarpa cobrou falta e viu a bola sair rente ao travessão.

continua após a publicidade

Segundo tempo

Sem alterações, o Verdão voltou para a etapa final no mesmo ritmo do primeiro tempo, ou seja, alternando momentos de intensidade e de controle de jogo. As 9 minutos Rony descolou ótimo lançamento para Dudu, que pedalou pra cima de um marcador e deixou outro no chão antes de fazer um golaço: 2 a 0.

Ao contrário do que aconteceu na etapa inicial, o gol inflamou o Verdão. Aos 11 minutos Gómez deu uma de garçom e tocou para Scarpa perder chance cara a cara com o goleiro. Aos 12, em contra-ataque de 3 contra 1, o Palmeiras desperdiçou outra oportunidade, desta vez com Rony errando o passe para Mayke, que estava livre na área. Aos 14, Piquerez tocou para Scarpa chutar rente à trave, com desvio.

Só dava Palmeiras. Aos 15 minutos Scarpa cobrou escanteio e a bola sobrou para Dudu chutar à direita de Vladimir. Aos 17, Zé Rafael soltou a bomba de fora da área e o goleiro espalmou. No lance seguinte Scarpa levantou na cabeça de Rony, que escorou para fora. Depois do festival de chances perdidas, Abel resolveu mexer no time. Aos 26, ele trocou Dudu e Rony por Breno Lopes e Gabriel Menino, respectivamente.

A intensidade do time não diminuiu, mas os gols perdidos sim. Aos 28 minutos Rony tocou para Mayke que demorou a tomar uma decisão e chutou em cima da zaga. Aos 29, Menino cobrou escanteio e Rony, livre no primeiro pau, desviou para fora. Aos 32 minutos Mayke tocou para Rony chutar à direita do goleiro.

A finalização torta foi a última de Rony na partida. Logo na sequência o camisa 10 deu lugar a Endrick, para delírio dos mais de 40 mil Palmeirenses presentes ao Allianz Parque. Aos 38, o garoto finalizou pela primeira fez e exigiu ótima defesa do goleiro. Na sobra, Breno Lopes também parou no adversário. Aos 40 minutos Abel promoveu as últimas duas mexidas a que tinha direito: Zé Rafael por Atuesta, e Mayke por Vanderlan.

Aos 43 minutos Atuesta deu bom passe para Endrick, que chutou forte e voltou a parar em Vladimir. Sem conseguir fazer seu golzinho, o camisa 16 virou garçom: aos 44 ele cruzou forte para Vanderlan dominar e tocar para o fundo da meta: 3 a 0. Após três minutos de acréscimo o árbitro encerrou o jogo.

Com a vitória em casa o Palmeiras vai a 71 pontos e se aproxima ainda mais do Hendeca Brasileiro. Faltam 7 pontos em 5 rodadas.

O Verdão volta a campo às 21h45 de terça-feira (25/10) para enfrentar o Athletico-PR, em Curitiba.

Notícias relacionadas: