Por Eduardo Luiz
23/06/2021, 20h52

Time de Abel Ferreira até criou chances de gol, mas parou no goleiro adversário e acabou castigado por falhas individuais. Arbitragem errou no primeiro gol.

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Primeiro tempo

Sem Jailson – desfalque de última hora por desgaste muscular (Vinicius foi titular), o Palmeiras iniciou o jogo tomando a iniciativa. Aos 5 minutos, após tentativa frustrada de tabela entre Scarpa e Marcos Rocha, a bola sobrou para Mayke, que isolou. Rapidamente, porém, o Red Bull Bragantino equilibrou a partida e começou a rondar a área alviverde.

Aos 12 minutos Raphael Veiga foi atropelado por Eric Ramires, o árbitro Luiz Flávio de Oliveira ignorou a falta e o time da casa chegou ao gol; Artur recebeu o passe, chutou fraco e Vinicius falhou ao dar rebote no meio da área, nos pés de Ytalo: 1 a 0. Atrás no placar, o Verdão não se desestabilizou, pelo contrário, assumiu novamente o controle do jogo. O gol de empate só não saiu aos 15 minutos porque Cleiton fez ótima defesa em chute de Scarpa.

Melhor em campo, o time de Abel Ferreira voltou a desperdiçar boa chance aos 19 minutos: Victor Luis recebeu de Renan e cruzou sob medida para Deyverson; o camisa 16 escorou no canto direito do goleiro, que foi buscar. Aos 21, Renan tentou cruzar, a bola ganhou efeito e quase enganou Cleiton. Aos 27 minutos Scarpa cobrou escanteio e Deyverson não chegou por pouco.

Buscando o empate, o Verdão era só ataque. Aos 30 minutos Gustavo Scarpa experimentou de pé direito e viu a bola passar perto da trave. Aos 36, Willian tocou para Scarpa chutar fraco, fácil para Cleiton. Aos 38 minutos Marcos Rocha cruzou para Deyverson, que escorou torto, para fora. Aos 42, Scarpa cruzou forte demais; Veiga e Victor Luis não chegaram a tempo.

Quando o gol alviverde parecia maduro, o Red Bull Bragantino foi quem balançou a rede. Ytalo foi lançado nas costas de Felipe Melo, que não conseguiu se recuperar na corrida; o atacante saiu sozinho na cara de Vinicius e tocou no canto esquerdo do goleiro: 2 a 0. Antes do primeiro tempo terminar o Palmeiras criou outra boa chance, aos 45, novamente com Scarpa; o meia fintou dois marcadores e soltou a bomba, para fora.

continua após a publicidade

Segundo tempo

Com Breno Lopes no lugar de Marcos Rocha, o Palmeiras voltou pior para o segundo tempo, dando muitos espaços ao Red Bull Bragantino, que em 5 minutos criou duas boas situações para ampliar a vantagem. Na primeira Helinho chutou em cima de Vinicius, na segunda Ytalo bateu para fora após rebote em cobrança de falta.

O Verdão respondeu aos 9 minutos: Scarpa tabelou com Deyverson e chutou forte para outra boa defesa de Cleiton. Aos 10, Willian cruzou e Renan balançou a rede, mas pelo lado de fora. Aos 19 minutos Willian errou um passe no ataque, o time de Bragança foi rápido para contra-atacar e Artur encerrou a jogada chutando por cima, rente ao travessão.

Aos 20 minutos Victor Luis cruzou para Breno Lopes, que chapou a bola com força para enfim superar o goleiro. Golaço: 2 a 1. Logo depois, o técnico Abel Ferreira promoveu mais duas alterações: Danilo Barbosa por Gabriel Menino, e Willian por Wesley. Aos 27 minutos Scarpa recebeu na entrada da área, fintou o marcador e chutou por cima.

Em busca do gol do empate, aos 31 minutos o comandante Palmeirense foi para o tudo ou nada ao trocar Victor Luis por Rony, e Deyverson por Luiz Adriano. As mexidas, porém, deixaram o Palmeiras muito mais exposto, melhor para o Red Bull Bragantino, que quase fez o terceiro aos 36: Artur soltou a bomba e parou em boa defesa de Vinicius.

Mesmo sem a mesma organização de outrora, o Verdão seguiu tentando. Aos 40 minutos Raphael Veiga arriscou de fora de área e quase marcou um golaço. Mas não era noite. Aos 42, Artur errou uma tentativa de finalização e de canela acabou dando assistência para Ytalo marcar o terceiro da noite, definindo o placar: 3 a 1.

Com a derrota, a segunda no Brasileirão em 6 rodadas, o time de Abel Ferreira permanece com 10 pontos e desperdiça a chance até de assumir a liderança.

Na próxima rodada o Palmeiras enfrenta o Bahia no Allianz Parque. O jogo será disputado às 20h de domingo (27/6).

Notícias relacionadas: