Por Eduardo Luiz
12/09/2021, 17h53

Time de Abel Ferreira até saiu na frente, mas não segurou a vantagem e acabou superado pelo Flamengo por 3 a 1. Verdão fica com 35 pontos e vê Atlético-MG ir a 42.

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Primeiro tempo

Apenas com Wesley e Rony de novidades no time titular, o Palmeiras iniciou o jogo dando a posse de bola para o Flamengo para tentar explorar os contra-ataques. A primeira finalização foi alviverde: aos 5 minutos Wesley fintou seu marcador e chutou fraco, fácil para Diego Alves. Aos 7, um susto: Danilo recuou errado para Weverton, que conseguiu se antecipar a Pedro para afastar o perigo.

Tendo Wesley a principal válvula de escape, o Verdão voltou a finalizar aos 9 minutos: o camisa 11 bateu cruzado e viu a bola passar perto da trave esquerda. Aos 12, Ramon pegou rebote em cobrança de escanteio e isolou. Aos 14 minutos Dudu deu bom passe para Wesley, o atacante passou como quis por Isla e Andreas Pereira e chutou no canto esquerdo do goleiro. Golaço: 1 a 0.

Mal deu tempo para a torcida virtual comemorar. Na saída de bola a defesa Palmeirense vacilou e apenas assistiu ao Flamengo construir o gol do empate: Everton Ribeiro recebeu livre e cruzou para o baixinho Michael escorar de cabeça nas costas de Marcos Rocha: 1 a 1.

Após o empate o time visitante perdeu Arrascaeta, por lesão, e como consequência também perdeu a qualidade na posse de bola. O Palmeiras aproveitou para ganhar território e passou a rondar a área adversária. Aos 29 minutos Piquerez ajeitou para Zé Rafael chegar chutando de canhota, sem direção.

Nos minutos finais do primeiro tempo o Flamengo equilibrou as ações e criou uma boa chance para a virada aos 41 com Vitinho; o chute o meia beliscou o pé da trave direita de Weverton antes de sair em tiro de meta. Foi o último lance de perigo nos primeiros 45 minutos.

continua após a publicidade

Segundo tempo

Com Scarpa no lugar de Raphael Veiga, o Verdão voltou para a etapa final tomando a iniciativa. Logo aos 30 segundos o camisa 14 fez bela inversão para Piquerez chegar chutando, mas Diego Alves estava atento e fez a defesa. Aos 5 minutos Dudu tocou para Danilo bater colocado, com perigo, para fora.

Aos 11 minutos Luan deu escanteio de graça para o Flamengo, que cobrou e conseguiu outro tiro de canto. Na segunda tentativa, Vitinho mandou na cabeça de Pedro, que subiu entre Luan e Gómez para escorar no ângulo direito de Weverton: 1 a 2.

Três minutos depois da virada, o técnico Abel Ferreira promoveu alteração tripla: saíram Rony, Wesley e Danilo para as entradas de Luiz Adriano, Breno Lopes e Patrick de Paula, respectivamente. As trocas não surtiram efeito, já que o gol do rival desestabilizou emocionalmente o time.

Apenas aos 26 minutos o Palmeiras voltou a finalizar, mas o chute de Breno Lopes não levou perigo à meta de Diego Alves. Aos 27, Abel foi pro tudo ou nada ao trocar Piquerez por Willian. Pouca coisa mudou, já que o time seguiu sem criatividade.

Diante da apatia alviverde o Flamengo aproveitou para matar o jogo aos 35 minutos: Zé Rafael perdeu dividida no ataque, Vitinho lançou Michael que fintou com extrema facilidade Marcos Rocha antes de fuzilar a meta de Weverton: 1 a 3. Aos 41 minutos, em falta sofrida por Dudu, Scarpa cobrou e exigiu boa defesa do goleiro. Antes do jogo acabar ainda deu tempo para Zé Rafael ser expulso após entrada dura em William Arão.

Com mais uma derrota em casa o time de Abel Ferreira estaciona nos 35 pontos, vê o Flamengo se aproximar (foi a 34) e perde contato com o Atlético-MG, que derrotou o Fortaleza e abriu 7 pontos de vantagem na liderança do Brasileirão.

O Palmeiras volta a campo às 17h de sábado (18/9) para enfrentar a Chapecoense, em Chapecó.

Notícias relacionadas: