Por Eduardo Luiz
27/09/2021, 09h00

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Acostumado a citar o aspecto mental de um time como um dos mais importantes no futebol, o técnico Abel Ferreira prometeu um Palmeiras forte nesse quesito para o jogo de terça-feira contra o Atlético-MG, fora de casa, pela semifinal da Libertadores.

“No próximo jogo estaremos prontos, confiantes, trabalhando a parte mental. É um jogo que decide para a final da Libertadores. Vamos defender o título com unhas e dentes. Enfrentamos um time cascudo, que fez investimento muito grande, mas com nossas armas e inteligência, vamos procurar entrar competitivos”, disse o treinador, após a derrota para o Corinthians, no sábado, pelo Brasileirão.

Para Abel, o aspecto emocional é um dos pontos fracos dos jogadores brasileiros: “O jogador brasileiro, em capacidade física, talento e técnica, tem de sobra, mas a capacidade de lidar com as adversidades, os obstáculos, é um aspecto que tem a melhorar” avaliou.

O português ainda concluiu: “Na minha opinião o que faz a diferença é aquilo que está entre as duas orelhas, o quanto é focado, concentrado, competitivo. Competir para ganhar é tudo. Umas vezes vamos errar, em outras, vamos acertar. Com os mais experientes ganhamos umas coisas, com os mais jovens, outras. Temos um elenco equilibrado, com boa mistura, que já deu alegrias aos torcedores, mas sabemos que temos que começar tudo de novo depois que se ganha”.

Para avançar à final da Libertadores o Palmeiras precisará vencer por qualquer placar ou empatar a partir de 1 a 1. O jogo contra o Atlético-MG está marcado para 21h30 desta terça-feira, no Mineirão, que terá torcida (30% da capacidade – apenas do mandante).