Por Eduardo Luiz
26/10/2022, 01h21

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Depois do Palmeiras derrotar o Athletico-PR de virada e ficar muito perto de confirmar o título do Brasileirão, o técnico Abel Ferreira analisou a atuação do time, que começou bem na partida, mas que aos poucos viu o adversário crescer, panorama que mudou no segundo tempo.

“Quando o zagueiro fez o gol pensei que nos dariam trabalho, mas quando marcarmos e o jogador deles foi expulso vi que seria difícil parar a nossa equipe”, iniciou o treinador.

“Fomos uma equipe imponente, com muita capacidade e com grande força mental, de momentos de adversidade e um gol que nosso zagueiro adversário fez um gol dos deuses, fez um gol extraordinário que nos criou um desconforto, mas essa equipe sabe jogar sob pressão e ir atrás dos resultados”, completou.

Sobre a proximidade do título, Abel disse que não vai secar Internacional e Corinthians: “Temos uma missão a cumprir, amanhã (quarta-feira) que joguem e que se forem melhores que ganhem, o que nós controlamos é o jogo seguinte. E podemos dar esse passo que ainda falta”. Caso os adversários não vençam seus jogos, o Palmeiras confirmará matematicamente o Hendeca.

Por fim, Abel agradeceu o apoio da torcida alviverde, que foi em bom número à Arena da Baixada: “Agradecer os torcedores que nos lembraram que somos o time da virada. É claro que alguns jogos o treinador complica, mas hoje os jogadores estão de parabéns”.

Como o jogo contra o Fortaleza será apenas no dia 02/11, o Palmeiras deu dois dias de folga ao elenco. A volta aos treinos acontecerá na sexta-feira.