Por Eduardo Luiz
29/07/2020, 23h50

Weverton: 7,0
Fez 3 defesas difíceis no primeiro tempo, evitando o que seria um vexame.

Marcos Rocha: 6,0
Jogo ok. Achou um golzinho no final.

Felipe Melo: 6,0
Se não participa do lance do primeiro gol, levaria nota 4,0. Partida muito ruim/dispersa do zagueiro/volante.

Gómez: 5,0
Voltou ao time titular, mas mostrou falta de ritmo e errou muito na saída de bola.

Diogo Barbosa: 5,0
Não sofreu na marcação. No apoio surgiu bem uma única vez, graças a um escorregão do adversário.

Patrick de Paula: 5,0
Já tinha ido mal contra o Água Santa, e repetiu o futebol ruim contra o Santo André.

Bruno Henrique: 5,5
Entrou tentando algo, se movimentando, buscando o jogo, o que a maioria dos seus companheiros não fez.

Gabriel Menino: 5,5
Vinha sendo o menos ruim do meio-campo, mas saiu no intervalo por estar com cartão.

continua após a publicidade

Scarpa: 4,0
Canhoto, entrou pra jogar pelo lado direito, mas não usa o “pé ruim” pra nada. Só puxa pra canhota e cruza (de olho fechado) pra área.

Ramires: 5,0
Jogando mais adiantado, não rendeu o mesmo do fim de semana.

Luan: 5,0
Jogou por 25 minutos e não teve trabalho.

Rony: 4,0
Hora de amargar um banco.

Lucas Lima: 4,0
Teve uma boa chance no começo do segundo tempo. No Santos faria um golaço. Aqui, chutou sem direção.

Willian: 4,0
Outro em péssima fase. Perdeu excelente chance ainda no primeiro tempo, o que poderia ter evitado todo drama do jogo. Também merece banco.

Zé Rafael: 5,0
Poucos minutos em campo, mas foi responsável pela jogada do segundo gol.

Luiz Adriano: 5,0
Ele se movimenta, abre espaços na marcação, trabalha como pivô, mas a bola não chega.

Luxemburgo: 4,0
Atuação horrível. E a desculpa de que o adversário jogou recuado não cola mais. Ele ganha para fazer o time enfrentar qualquer adversidade. Diante dessa situação em especial (retranca do rival), não notamos qualquer trabalho do técnico. É só toque de lado, sem chutes de média distância, sem triangulações, sem tabelas, sem infiltrações, etc. Nesse ritmo, o Palmeiras segue como azarão no Paulista.