Por Eduardo Luiz
07/03/2021, 19h54

Palmeiras foi superior ao adversário e venceu por 2 a 0, gols de Wesley e Gabriel Menino. Com 15 taças, Verdão amplia soberania nacional.

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Primeiro tempo

Com Alan Empereur no lugar de Luan, suspenso – única novidade em relação ao time da semana passada, o Palmeiras iniciou o jogo tomando pequenos sustos. Aos 2 minutos Vanderson cruzou para Pepê, que não chegou na bola por pouco. Aos 4, após contra-ataque, Alisson bateu colocado à direita de Weverton.

O Verdão respondeu aos 7 minutos: Raphael Veiga deu ótimo passe para Rony, que demorou muito para chutar, dando tempo para Paulo Miranda travar. Aos 13, outro bom passe de Veiga, desta vez para Wesley, que escorou mal de cabeça. Cinco minutos depois o gol saiu com o camisa 23, mas foi corretamente anulado por impedimento de Rony após lançamento de Felipe Melo.

Já melhor em campo, o Palmeiras seguiu criando e desperdiçando ataques. Aos 22 minutos Zé Rafael arriscou de canhota, por cima. No lance seguinte a terceira chegada do Grêmio, essa mais perigosa: Diego Souza trabalhou como pivô e rolou para Maicon, que foi bloqueado na hora da finalização por Rony.

Depois disso, só deu Verdão. Aos 28 minutos Raphael Veiga chutou de longe e exigiu defesa em dois tempos de Paulo Victor. Aos 34, Rony copiou o companheiro, mas errou o alvo. Aos 39 minutos Viña cobrou lateral e Rony ajeitou para Zé Rafael chutar de primeira, para fora.

Aos 41 minutos Zé Rafael bateu colocado da entrada da área e a bola parecia que iria para fora, mas o goleiro espalmou. Aos 43, Wesley fez boa jogada individual pela intermediária, foi costurando e bateu com certo perigo, à esquerda do goleiro.

continua após a publicidade

Segundo tempo

O segundo tempo começou movimentando. Aos 31 segundos Raphael Veiga arriscou de longe e Paulo Victor defendeu. No minuto 1 veio a resposta do Grêmio com Thaciano, mas o chute do meia saiu fraco, fácil para Weverton. Aos 4 minutos, numa disputa com Luiz Adriano, Paulo Miranda recuou para o goleiro, que pegou com a mão e a arbitragem se fez de cega.

Com mais espaços para contra-atacar, o Verdão enfim chegou ao gol aos 7 minutos: Raphael Veiga iniciou a jogada desde o campo defensivo, esperou a passagem de Wesley e fez a assistência; o atacante encheu o pé esquerdo e contou com leve colaboração do goleiro para correr para o abraço: 1 a 0.

Precisando de 2 gols para ao menos levar a disputa do título para os pênaltis, o Grêmio esboçou uma reação imediata: aos 10 minutos Diego Barbosa cruzou e Thaciano, livre no meio da área, cabeceou mal, de nuca. Aos 17 o técnico Abel Ferreira mexeu pela primeira vez: amarelado, Zé Rafael deu lugar a Patrick de Paula.

Aos 25 minutos, após boa troca de passes, o Grêmio invadiu a área alviverde e Jean Pyerre teve a tentativa de finalização bloqueada por Patrick de Paula. O susto fez Abel mexer novamente, desta vez por atacado: Luiz Adriano, Raphael Veiga e Wesley deram lugar a Willian, Mayke e Gabriel Menino, respectivamente.

Com a marcação reforçada, o Verdão conseguiu diminuir os espaços do Grêmio, que apesar de ter mais posse de bola, não conseguia mais assustar a meta de Weverton. Esse foi o panorama do jogo até minuto 39, quando o Palmeiras encaixou outro contra-ataque fatal, e com dois dos jogadores que entraram: Willian deu ótimo passe para Gabriel Menino, que fintou seu marcador e chutou rasteiro; a bola passou por baixo do goleiro: 2 a 0.

Com 3 a 0 no placar agregado, o jogo acabou. Percebendo isso, o árbitro também deu apenas 2 minutos de acréscimo e logo apitou pela última vez. O Tetra da Copa do Brasil encerra uma temporada praticamente perfeita do Verdão, que também faturou o Paulista e a Libertadores.

Quinta-feira (11/3) o Maior Campeão do Brasil recebe o São Caetano pelo Campeonato Paulista 2021. O jogo, adiado da primeira rodada, será às 20h.

É CAMPEÃO!!!!

É O MAIOR CAMPEÃO DO BRASIL!!!

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Notícias relacionadas: