Por Eduardo Luiz
10/11/2021, 22h21

Time de Abel Ferreira não tomou conhecimento do adversário e fez 4 a 0, gols de Veiga, Rony, Scarpa e Breno Lopes; foi a 6ª vitória seguida na competição.

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Primeiro tempo

O jogo começou movimentado no Allianz Parque, com os dois times procurando o gol. Logo no primeiro minuto Dudu arriscou um chute rasteiro, mas acertou Raphael Veiga. Aos 4, o Atlético-GO aproveitou vacilo do meio-campo Palmeirense e criou chance clara com Ronald, que chutou para fora mesmo cara a cara com Weverton. Aos 8 minutos Scarpa deu bom passe para Dudu, que chutou fraco. A jogada prosseguiu e Dudu finalizou outra vez, desta vez levando perigo à meta de Fernando Miguel.

Aos 13 minutos Weverton interceptou cruzamento de Dudu (lateral do Atlético) e com as mãos fez ótima reposição para Scarpa, que avançou e tocou para Raphael Veiga; o camisa 23 dominou e chutou cruzado no canto esquerdo do goleiro: 1 a 0. Os 19 mil torcedores presentes à arena ainda comemoravam quando o Verdão tomou um susto: aos 15 minutos Dudu cruzou na cabeça de Zé Roberto, que escorou rente ao travessão.

A partida era aberta. Aos 20 minutos Zé Rafael chutou da entrada da área, com desvio, para fora. Aos 22, após cobrança de escanteio, Victor Luis desarmou Ronald e soltou a bomba por cima do travessão. No minuto seguinte Rony e Scarpa inverteram de função: o camisa 7 deu ótima assistência para o meia surgir na cara do goleiro e chutar em cima dele.

O segundo gol do Palmeiras enfim amadureceu aos 30 minutos: Scarpa sofreu falta e ele mesmo cobrou na cabeça de Rony: 2 a 0. Aos 32, o Atlético-GO tentou responder com Zé Roberto, mas o chute do atacante saiu muito alto. Três minutos depois uma oportunidade mais clara, mas sem querer: Janderson tentou cruzar e viu a bola ganhar efeito, mas Weverton estava atento e mandou para escanteio.

A chance do Atlético-GO não fez o Verdão diminuir o ritmo. Aos 37 minutos Scarpa tabelou com Zé Rafael e chutou por cima do travessão. Aos 42, o camisa 14 cruzou na cabeça de Dudu, que escorou para fora. Foi a última jogada de perigo do ótimo primeiro tempo.

continua após a publicidade

Segundo tempo

Na etapa final o Palmeiras voltou num ritmo mais cadenciado, mas sem perder o controle da partida. Aos 2 minutos Dudu inverteu o jogo para Scarpa, que concluiu muito mal. Aos 16, após cruzamento de Marcos Rocha, Marlon Freitas cortou com a mão. Anderson Daronco só assinalou o pênalti após indicação do VAR. Mesmo com Raphael Veiga em campo, quem cobrou foi Gustavo Scarpa, e o camisa 14 cobrou muito bem: 3 a 0.

Ainda antes da nova saída, o técnico Abel Ferreira promoveu duas alterações: Veiga e Scarpa deram lugar a Breno Lopes e Patrick de Paula. Cinco minutos depois, mais duas mexidas: Rony por Luiz Adriano, e Marcos Rocha por Mayke. Entregue, o Atlético-GO foi foi finalizar pela primeira apenas aos 29 minutos, mas o chute de Janderson não levou perigo à meta de Weverton.

Com o jogo resolvido, aos 31 minutos Abel fez a última alteração a que tinha direito: Renan entrou no lugar de Luan. A partida estava em ritmo de treino até que nos acréscimos o Verdão ampliou a fatura: Patrick de Paula lançou Dudu e o camisa 43 deu o gol de presente para Breno Lopes: 4 a 0. Pouco depois o árbitro apitou pela última vez.

Com a goleada, o Palmeiras chega à sexta vitória seguida no Brasileirão, vai a 58 pontos e mantém a vice-liderança isolada – o Flamengo tem 4 pontos a menos e dois jogos a disputar.

O próximo adversário do Verdão será o Fluminense, no Maracanã. O jogo está marcado para 18h15 de domingo (14/11).

Notícias relacionadas: