Por Eduardo Luiz
10/11/2021, 22h34

Weverton: 8,0
Sem trabalho. Iniciou a jogada do segundo gol. Foi uma pré-assistência.

Marcos Rocha: 7,0
Subiu pouco ao ataque. Quando subiu, criou boas situações, como a jogada do pênalti.

Luan: 7,0
Atuação segura.

Kuscevic: 7,0
Bem na primeira função, que é defender, e mostrou qualidade na saída de bola.

Victor Luis: 7,0
Após muito tempo na geladeira, ganhou uma chance e foi bem.

Danilo: 7,5
Jogou de terno.

Zé Rafael: 7,5
Quando não prende tanto a bola, rende muito mais.

Raphael Veiga: 8,0
Não chegou a brilhar como nos últimos jogos, mas fez mais um gol.

Dudu: 7,5
Errou alguns lances, mas criou. E no final deu assistência pro Breno Lopes.

Scarpa: 8,5
Duas assistências e 1 gol. Jogou muito o camisa 14.

Rony: 8,0
Novamente como falso 9, incomodou a defesa adversária. Fez um gol e criou outras situações.

Breno Lopes: 7,5
Fez outro gol no finalzinho, sua especialidade.

Patrick de Paula, Luiz Adriano, Mayke e Renan entraram no segundo tempo com o jogo resolvido. Ficam sem nota.

Abel Ferreira: 8,5
Preferiu manter a base do time, só trocando os convocados. Tirando um susto logo aos 4 minutos, o Palmeiras foi muito superior ao Atlético-GO e mereceu a vitória tranquila. Que a ótima fase se mantenha pelo menos pelos próximos 17 dias.