Por Eduardo Luiz
11/03/2021, 20h52

Tony (contra), Breno Lopes e Lucas Lima fizeram os gols da vitória na partida válida pela primeira rodada do Campeonato Paulista.

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Primeiro tempo

Os reservas do Verdão iniciaram o jogo com tudo. Logo no primeiro minuto Breno Lopes experimentou da entrada da área e assustou o goleiro Luiz. Aos 3, Danilo também tentou de média distância e errou o alvo. No minuto seguinte Breno Lopes arrancou e ao invés de tocar para Scarpa, que entrava livre pelo meio, soltou a bomba e parou em boa defesa do goleiro.

Na roda, o São Caetano apenas assistia ao Palmeiras jogar. Aos 11 minutos, em jogada ensaiada, Gustavo Scarpa cobrou escanteio para Gabriel Menino, o volante tocou para Lucas Lima, que por sua vez deu bom passe para Alan Empereur; o zagueiro foi à linha de fundo e cruzou. Na tentativa de tirar, Tony fez contra: 1 a 0.

Depois do gol, o Verdão diminuiu um pouco o ritmo, mas não perdeu o controle da partida. Aos 21 minutos Danilo cometeu falta boba perto da área e proporcionou ao time visitante uma boa chance: Charles encheu o pé, a barreira abriu e Vinicius fez ótima defesa. Depois do susto, o time comandado pelos auxiliares João Martins e Vitor Castanheira engatou a quinta e voltou a massacrar o São Caetano.

Aos 23 minutos Scarpa cruzou, a zaga cortou e Patrick arrematou de direita, para fora. Aos 28, o camisa 5 deu bom passe para Breno Lopes chutar fraco, à direita do goleiro. Aos 31 minutos Mayke fez boa jogada individual, cruzou, a defesa afastou mal e Breno Lopes conferiu de cabeça, mas Luiz estava atento e evitou o segundo.

Sobrando em campo, o Palmeiras seguiu em cima do rival. Aos 34 minutos Scarpa cobrou escanteio e Breno Lopes cabeceou para fora. De tanto insistir, o gol enfim saiu aos 36: Lucas Lima deu lindo passe para Breno Lopes acertar um chute mais bonito ainda: 2 a 0.

Nocauteado, o São Caetano também ajudava: aos 40 minutos, após recuo claro, o goleiro pegou com a mão; Gabriel Menino bateu buscando o canto esquerdo baixo de Luiz, mas a bola desviou no meio do caminho e saiu em escanteio. Na cobrança, Scarpa quase fez gol olímpico.

Aos 40 minutos, depois de outra jogada ensaiada em cobrança de escanteio, o Palmeiras chegou ao 3 a 0: Scarpa levantou para Lucas Lima bater de primeira e contar com a colaboração do goleiro para transformar a vitória parcial em goleada. Antes do primeiro tempo terminar Mayke teve a chance para fazer o quarto de bico, mas desta vez Luiz defendeu.

continua após a publicidade

Segundo tempo

Na etapa final, apesar de duas alterações do São Caetano, praticamente nada mudou, já que o Verdão manteve o controle total do jogo. Aos 3 minutos Lucas Lima lançou Esteves e o lateral finalizou de primeira; a bola saiu rente à trave esquerda de Luiz. Aos 14, os auxiliares de Abel Ferreira promoveram a primeira alteração: Danilo por Fabinho.

Com mais posse de bola, o Palmeiras já não era mais tão intenso, mas quando chegava levava perigo. Aos 20 minutos Mayke cruzou e Scarpa surgiu como centroavante para tentar finalizar, mas bateu na orelha da bola. Pouco depois, aos 24, mais duas mexidas no Verdão: Scarpa por Wesley, e Breno Lopes por Gabriel Silva.

O São Caetano conseguiu uma finalização aos 30 minutos com Marcinho, mas o atacante mandou direto nas mãos de Vinicius. Dois minutos mais tarde os auxiliares de Abel queimaram as últimas alterações a que tinham direito: Victor Luis substitui Esteves, e Giovani entrou no lugar do capitão Lucas Lima.

Aos 36 minutos Wesley brigou pela bola dentro da área e fez o passe para Gabriel Menino bater fraco, fácil para Luiz. Aos 40 o quarto gol saiu, com o garoto Giovani, mas tanto o assistente quando o VAR assinalaram impedimento. Aos 46 Mayke cruzou e dois Palmeirenses furaram dentro da área. No contra-ataque, Marcinho arriscou da entrada da área, fácil para Vinicius. Foi o último lance do jogo.

Com a vitória no jogo atrasado da primeira rodada do estadual, o Palmeiras chega a 4 pontos no Grupo C e sobe para a terceira colocação (está a 3 pontos do líder e ainda tem 1 jogo a menos em relação aos adversários).

O Verdão volta a campo às 16h de domingo (14/3) para enfrentar a Ferroviária, novamente em casa.

Notícias relacionadas: