Por Eduardo Luiz
05/06/2020, 13h39

(Foto: Cesar Greco/Ag.Palmeiras)

Com outros times treinando em seus CTs há algum tempo, casos de Flamengo, Grêmio e Internacional, o lateral Marcos Rocha acredita que o Palmeiras está em defasagem física em relação a eles, e projetando um retorno breve do futebol brasileiro, o camisa 2 disse que será inevitável essas equipes terem alguma vantagem.

“Já estamos atrás, né? De Flamengo, Inter, Grêmio, Atlético-MG…” comentou o jogador, em entrevista à TV Bandeirantes. Justamente por isso, Marcos Rocha revelou que o elenco pediu ao técnico Vanderlei Luxemburgo que tente junto à diretoria antecipar a volta dos treinos presenciais.

“Já passamos nossa posição ao Vanderlei, para que o nosso presidente possa buscar alternativas para que possamos nos reapresentar, até por conta de toda estrutura que o Palmeiras tem, sabemos dos cuidados que eles terão conosco. Mas o presidente está bem alinhado com Corinthians, São Paulo e Santos, de só começar quando for liberado pelos governantes de São Paulo” disse o lateral, se referindo à decisão da diretoria de só voltar com segurança máxima.

Marcos Rocha ainda citou uma eventual cobrança da torcida para justificar o pedido: “Temos consciência que já estamos atrás. Dentro de campo, quando voltar, o torcedor não vai querer saber se teve Covid, se não teve, eles vão querer resultado, então já estamos querendo antecipar essa volta” encerrou.

O último treino do elenco na Academia de Futebol foi realizado em 13 de março, véspera do jogo contra a Inter de Limeira, pelo Campeonato Paulista. Desde 01 de maio o grupo está treinando à distância, por videoconferência.