Por Eduardo Luiz
09/06/2022, 20h54

Além dos 4 gols, anotados por Rony (2), Scarpa e Wesley, time de Abel Ferreira mandou duas bolas na trave e teve dois gols anulados; atropelamento leva o Verdão aos 19 pontos.

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Primeiro tempo

Com os retornos de Weverton e Danilo, e com Gabriel Veron formando o trio ofensivo junto de Dudu e Rony, o Palmeiras iniciou o jogo sufocando o Botafogo. Logo aos 4 minutos Veron roubou a bola no ataque e tocou para Zé Rafael, que enfiou para Rony avançar em velocidade e chutar em cima do goleiro. Na cobrança de escanteio executada por Scarpa, Murilo fez o gol, mas a bola bateu em Luan, que estava impedido, e o VAR anulou.

O Verdão não se abalou. Aos 10 minutos Dudu tocou para Scarpa, que foi à linha de fundo e cruzou para Rony chutar no ângulo esquerdo de Gatito Fernández: 1 a 0. Atordoado, o Botafogo tentou responder aos 12, num chute cruzado de Lucas Fernandes que não ofereceu perigo à meta de Weverton. Aos 14 minutos outra roubada de bola no ataque: Rony desarmou o adversário, Veron tocou para Scarpa que cruzou para Dudu chutar na trave.

O Palmeiras era avassalador. Aos 17 minutos Piquerez cruzou, Saravia resvalou e a bola sobrou para Scarpa, livre na área, dominar e chutar rasteiro para vencer o goleiro: 2 a 0. Aos 25, Rony arrancou pelo lado esquerdo do ataque e cruzou para Dudu chutar de primeira; Gatito fez a defesa, na sobra a bola bateu na trave e voltou para o goleiro.

A partir dos 30 minutos o time de Abel Ferreira diminuiu um pouco o ritmo, mas seguiu dominando por completo a partida. Aos 33, Scarpa cobrou escanteio e Rony – em lance idêntico ao clássico contra o Corinthians, desviou no primeiro pau: 3 a 0. Aos 41 minutos Scarpa, inspirado, brigou pela bola na entrada da área e de direita chutou rente à trave direita do goleiro. Foi o último lance de perigo no primeiro tempo.

continua após a publicidade

Segundo tempo

Na etapa final o Botafogo voltou um pouco menos perdido, mas o Palmeiras seguiu sendo dono das melhores oportunidades. Aos 3 minutos Zé Rafael cruzou para Scarpa finalizar para fora. Aos 7, Scarpa cobrou escanteio e Zé Rafael escorou por cima do travessão. Aos 10 minutos Daniel cobrou falta e Weverton mandou para escanteio.

Aos 15 minutos o técnico Abel Ferreira promoveu duas alterações: Danilo por Fabinho, e Veron por Rafael Navarro. No minuto seguinte Scarpa – sempre ele – cobrou falta, Murilo subiu sozinho e perdeu boa chance. Aos 17, Navarro cruzou para Rony dividir com o zagueiro e ganhar escanteio. Na cobrança de Scarpa, Zé desviou livre no primeiro pau, mas errou o alvo.

O quarto gol do Verdão saiu aos 19 minutos, com Navarro, mas o atacante estava impedido após passe de Dudu. Aos 20, um susto: Luan errou ao tentar recuar para Weverton, mas Lucas Fernandes chutou para fora. Dois minutos depois, Hugo cobrou falta, Saravia se atirou de carrinho e exigiu boa defesa de Weverton; a bola ainda bateu na trave, e na sobra Rony afastou de bicicleta.

Autor de 2 gols na noite, Rony deixou a partida muito aplaudido aos 30 minutos. Wesley entrou em seu lugar. Cinco minutos mais tarde Abel fez as últimas alterações a que tinha direito: Scarpa e Dudu foram substituídos por Atuesta e Breno Lopes, respectivamente.

Aos 41 minutos Wesley recebeu pelo lado esquerdo do ataque, deu 8 pedaladas pra cima de Daniel Borges e chutou no ângulo esquerdo de Gatito. Golaço: 4 a 0. Na saída de bola Chay chutou cruzado, levando certo perigo à meta de Weverton. E sem acréscimo o árbitro encerrou o show alviverde no Allianz Parque.

Com a golada sobre o Botafogo o Palmeiras chega a 19 pontos e reassume a liderança do Brasileirão, agora de maneira isolada.

O Verdão volta a campo às 18h de domingo (12/6) para enfrentar o Coritiba, em Curitiba.

Notícias relacionadas: