Por Eduardo Luiz
11/04/2021, 13h44

Weverton: 7,5
Sem culpa nos gols, fez duas grandes defesas ao longo do jogo e nos pênaltis fez sua parte.

Marcos Rocha: 5,0
Sofreu um pouco na marcação, principalmente no primeiro tempo, quando falhou no segundo gol ao abandonar a marcação de Arrascaeta.

Mayke: 4,5
Entrou relativamente bem, apoiando o ataque, mas cantou o pênalti que decidiu o campeonato.

Luan: 3,0
Insiste em ficar marcado negativamente. Era só rolar no meio do gol e correr para o abraço…

Gómez: 6,0
Foi facilmente driblado por Felipe Luis no primeiro gol. De resto, bom jogo.

Viña: 6,0
Começou bem, mas foi sumindo ao longo do jogo. Cobrou bem seu pênalti.

Felipe Melo: 5,5
Amarelado cedo, não voltou pro segundo tempo.

Gabriel Menino: 4,5
Entrou mal e cobrou o pênalti pior ainda.

Zé Rafael: 4,0
Depois do péssimo jogo que fez na Argentina, não deveria ter começado o jogo em Brasília.

Danilo: 7,0
Jogou muito no segundo tempo. Uma pena que se deixou levar pela catimba de Diego Alves no último pênalti. Mas tem crédito.

Raphael Veiga: 8,0
Um golaço e perfeito nas cobranças de pênalti (durante o jogo e depois).

Wesley: 6,5
Um pouco disperso em algumas jogadas, mas sofreu um pênalti afanado pelo VAR, e deu ótimo passe para Breno Lopes perder chance clara.

Veron: 6,0
Entrou como falso 9, e teve apenas uma boa chance, de cabeça. Nos pênaltis, cobrou com categoria.

Breno Lopes: 6,0
Teve alguns lampejos ao longo do jogo. Faltou regularidade e mais frieza para concluir o gol que perdeu depois de fintar o goleiro.

Rony: 7,0
O atacante mais perigoso ao longo dos 90 minutos. Sofreu o pênalti do 2 a 2.

Scarpa: 6,0
Entrou no finalzinho e converteu sua cobrança.

Abel Ferreira: 5,5
Errou ao escalar Zé Rafael de titular. Comparando com o enorme futebol jogado por Danilo na etapa final, conclui-se que o Palmeiras perdeu preciosos 45 minutos para tentar vencer o jogo. Também precisa compreender que já está marcado com os árbitros, e por mais que tenha razão nas reclamações não pode exagerar, senão será expulso sempre. Como time, o Palmeiras provou que é superior ao VARmengo, que segue dependendo de individualidades e de favorecimentos.