Por Eduardo Luiz
12/04/2022, 23h45

Weverton: 6,0
Assistiu ao jogo de dentro de campo (não tinha o que fazer no gol).

Mayke: 8,0
Jogou muito. No aspecto ofensivo, está à frente de Marcos Rocha.

Kuscevic: 6,0
No lance do gol, virou de costas ao invés de bloquear.

Gómez: 7,0
Sem trabalho lá atrás, foi ao ataque e participou de várias chances.

Murilo: 6,0
Entrou para Gómez descansar, e assim como Weverton, assistiu ao jogo de dentro de campo.

Jorge: 6,5
Cristaldo ganhou facilmente no lance do gol. No primeiro tempo errou muitos cruzamentos. Melhorou discretamente na etapa final.

Zé Rafael: 8,0
Fez o importante gol do empate. Jogou bem.

Gabriel Menino: 6,5
Deu a assistência pro golaço do Veiga.

Atuesta: 6,0
Irritou a torcida na etapa inicial ao errar muitos passes e cruzamentos.

Raphael Veiga: 9,0
Pouco mais de 25 minutos em campo, e dois golaços. Craque!

Veron: 8,0
No primeiro tempo foi o melhor do time. Na etapa final cresceu e foi importante na construção da goleada.

Breno Lopes: 7,0
Primeiro tempo muito ruim. No segundo, fez a jogada da virada.

Danilo: 6,5
Entrou com o jogo resolvido, mas não economizou na vontade.

Wesley: 6,0
Até criou boas situações, mas concluiu muito mal todas elas.

Rony: 7,0
Voltou à média: perdeu uma chance (furada no último gol de Navarro), e fez um gol.

Rafael Navarro: 10,0
Quatro gols e uma assistência em jogo de Libertadores. Não como não levar dez.

João Martins/Abel Ferreira: 8,0
O Palmeiras rodou o elenco e atingiu o objetivo de vencer a segunda pela Libertadores. No segundo tempo, com o jogo ganho, poderiam ter usado garotos como Jhonatan, Fabinho e Giovani, mas preferiram os titulares e eles entraram bem.