Por Eduardo Luiz
14/05/2022, 18h56

Weverton: 6,5
Não praticou nenhuma defesa difícil. Fez alguns bons lançamentos com os pés.

Mayke: 6,0
Bastante participativo no primeiro tempo, mas o cartão (por uma trombada) limitou sua atuação. Saiu lesionado no segundo tempo.

Garcia: 6,0
Enfim ganhou uma chance. Tem bola para ser mais aproveitado.

Gómez: 6,5
Um erro de passe no primeiro tempo que resultou em finalização do adversário. De resto, jogo ok.

Murilo: 7,0
Jogo muito bom do zagueiro. Bem pelo alto, e atento por baixo.

Jorge: 5,5
Seu sangue frio causa calafrios na torcida.

Vanderlan: 6,0
Pouco tempo em campo, mas mostrou personalidade. Precisa jogar mais vezes.

Zé Rafael: 5,5
Voltou a prender muito a bola e não foi efetivo na marcação.

Atuesta: 6,0
Conseguiu reforçar a marcação e acertou alguns bons passes.

Danilo: 7,5
Fez outro gol e voltou a atuar bem.

Raphael Veiga: 7,0
Partida abaixo do que pode, mas foi bem e converteu outro pênalti.

Dudu: 6,0
Vontade não faltou, mas não era dia dele. Se atrapalhou sozinho com a bola algumas vezes.

Breno Lopes: 6,0
Sofreu o pênalti que confirmou a vitória.

Scarpa: 7,5
Junto de Danilo e Murilo, o melhor ao longo dos 90 minutos.

Rony: 6,0
Fez um gol de centroavante que o VAR resolveu anular manipulando o instante do passe.

Rafael Navarro: 5,5
Teve mais de 20 minutos para mostrar serviço, mas não conseguiu ser útil.

Abel Ferreira: 6,5
O primeiro tempo do Palmeiras foi muito bom. No segundo o time sentiu o ritmo e preservou o resultado sem ser incomodado pelo Red Bull Bragantino. Hoje o que importava era vencer a primeira no Allianz Parque.