Por Eduardo Luiz
09/12/2021, 23h58

Vinicius: 8,0
Tirando uma saída de gol que falhou, fez outro jogo muito bom.

Garcia: 7,0
Bom primeiro tempo. Depois se limitou a marcar.

Lucas Freitas: 7,0
Ganhou quase todas pelo alto.

Naves: 7,0
Formou bom trio defensivo com Lucas e Michel.

Michel: 7,5
Seguro na primeira função (defender) e mostrou qualidade nas bolas aéreas ofensivas.

Vanderlan: 7,5
Jogou muito no primeiro tempo. No segundo caiu de produção, como todo time.

Fabinho: 7,5
Jogou de terno na etapa inicial. Na final, errou alguns passes e botes.

Matheus Fernandes: 6,5
O mais experiente foi o que menos se destacou.

Pedro Bicalho: 6,0
Entrou com a missão de reforçar a marcação e cumpriu bem esse papel.

Giovani: 8,0
Excelente jogo. Aliou habilidade com velocidade para criar as principais jogadas ofensivas.

Gabriel Silva: 5,5
Teve dois bons ataques em que foi fominha.

Vitinho: 7,0
Ajudou a fazer fumaça na defesa adversária.

Kevin: 8,0
Fez o gol da vitória e jogou bem.

Jhonatan: 6,0
Entrou aos 9 minutos do 2T, mas participou pouco.

Lucas Sena e Yago Santos entraram aos 48 do segundo tempo, ficam sem nota por isso.

Paulo Victor: 7,5
Armou um time rápido e com qualidade. O placar do primeiro tempo não traduziu o que aconteceu em campo. No segundo tempo, após um pênalti absurdo não marcado pela arbitragem, o Palmeiras recuou e foi encurralado pelo Ceará, que perdeu muitos gols. No geral, pelo primeiro tempo e pelo erro absurdo da arbitragem, a vitória foi merecida. Bom trabalho do técnico do Sub-20 e da garotada.