Por Eduardo Luiz
20/04/2022, 21h47

Weverton: 7,0
Não foi exigido no primeiro tempo. No segundo, fez uma ótima defesa.

Marcos Rocha: 6,0
Limitado a marcar, oscilou bons e maus momentos no jogo.

Gómez: 6,5
Não deu espaços ao mala do Gabriel. Sofreu um pênalti ignorado pela arbitragem.

Murilo: 6,5
Um susto no primeiro tempo, mas foi importante em três jogadas de perigo do Flamengo, uma ganhando de Gabriel na corrida, e outras duas interceptando finalizações.

Piquerez: 6,0
Criou a melhor jogada do Palmeiras, que terminou com Danilo exigindo milagre de Hugo. Precisa arriscar mais lances assim. Na marcação, deixou alguns buracos em suas costas.

Danilo: 6,5
O melhor do Palmeiras no primeiro tempo. Cobriu todos espaços possíveis e ainda apareceu no ataque. Caiu de rendimento na etapa final.

Zé Rafael: 6,0
Pra variar, prendeu muito a bola em alguns momentos. Mas no geral conseguiu dar uma boa saída ao time.

Raphael Veiga: 6,0
Também prendeu muito a bola. Como sofreu uma marcação forte (o árbitro deixou os flamenguistas baterem à vontade nele), deveria ter tocado mais de primeira.

Jailson: –
Entrou aos 42 minutos.

Dudu: 6,0
Foi bastante acionado no primeiro tempo, mas não estava inspirado.

Breno Lopes: –
Jogou 10 minutos e participou de uma jogada.

Scarpa: 6,0
Se dedicou mais ao aspecto tático. No primeiro tempo subiu mais ao ataque. No segundo, virou um quinto zagueiro.

Veron: 5,5
Entrou pra fazer a função de Scarpa. Cumpriu bem esse papel.

Rony: 5,5
Teve algumas situações que poderiam levar perigo, mas correu mais do que pensou.

Rafael Navarro: –
Entrou aos 42. Fica sem nota.

Abel Ferreira: 6,0
O Palmeiras fez um bom primeiro tempo e criou chances para fazer o gol. Na etapa final o time mudou de postura e se satisfez com o empate. São 2 pontos de 9 possíveis. Quando a rodada terminar a equipe poderá entrar no Z4. E sábado o adversário será o Corinthians, descansado. Precisa fazer o time acordar (e pontuar) logo no Brasileirão.