Por Eduardo Luiz
20/04/2022, 20h32

Time do técnico Abel Ferreira criou boas oportunidades na etapa inicial, mas caiu de produção no segundo tempo. Com empate, Palmeiras vai a 2 pontos no Brasileirão.

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Primeiro tempo

Sem surpresas na escalação, ou seja, com Scarpa e Rony novamente como titulares, o Palmeiras iniciou o jogo criando as melhores oportunidades, embora a primeira finalização tenha sido do Flamengo – aos 3 minutos o chute de Lázaro não ofereceu perigo à meta de Weverton. Aos 17, o goleiro lançou Dudu e o camisa 7 cruzou para Raphael Veiga se atirar na bola e chutar à esquerda de Hugo.

Aos 19 minutos outra jogada combinada da dupla Dudu-Veiga; desta vez o meia ajeitou para o atacante invadir a área e soltar a bomba de canhota, rente ao travessão. A resposta da equipe carioca veio aos 20 minutos: Arrascaeta deu bom passe para Lázaro chutar para fora. Aos 22, Lázaro enfiou para Gabriel e o atacante tocou para Arrascaeta repetir Veiga e se atirar na bola, que bateu na trave antes de sair.

O Verdão não se intimidou. Aos 29 minutos Danilo arriscou da entrada da área, a bola desviou e morreu nas mãos de Hugo. No contra-ataque Gabriel tabelou com Everton Ribeiro e concluiu à direita de Weverton. Aos 37, após o árbitro não assinalar falta em Raphael Veiga, o Flamengo criou outra boa chance: Arrascaeta fintou Zé Rafael e chutou na trave.

Antes do primeiro tempo terminar o Palmeiras criou uma ótima chance para abrir o placar: Piquerez foi à linha de fundo e cruzou para Dudu, que ajeitou para Danilo bater colocado buscando o ângulo esquerdo de Hugo, que foi buscar.

continua após a publicidade

Segundo tempo

Na etapa final, mesmo sem alterações, os dois times voltaram diferentes. O Palmeiras sem conseguir sair para o ataque, e o Flamengo sem conseguir criar. Diante desse panorama, a partida ficou morna. Aos 18 minutos Scarpa cobrou escanteio, Gómez disputou com o goleiro, que acertou um soco no rosto do zagueiro. Sem checagem do VAR, o árbitro assinalou falta do paraguaio.

O lance serviu para esquentar novamente o jogo. Aos 26 minutos Arrascaeta chutou de média distância, nas mãos de Weveerton. No minuto seguinte o técnico Abel Ferreira promoveu a primeira mexida no Verdão: Gustavo Scarpa deu lugar a Gabriel Veron. Aos 29, Raphael Veiga arriscou da entrada da área, mas a bola saiu mascada.

Aos 35 minutos Isla cruzou, Arrascaeta finalizou e Murilo mandou para escanteio. Pouco depois, aos 38, Abel trocou Dudu por Breno Lopes. Aos 40 minutos Marinho passou por Piquerez e mandou para a entrada da área; Gabriel furou e Williian Arão aproveitou pra soltar uma bomba, mas parou em ótima defesa de Weverton. Aos 41, Isla cruzou, Arão concluiu e novamente Murilo interceptou.

Para renovar o gás do time na reta final do jogo, aos 42 minutos Abel trocou Rony por Rafael Navarro, e Raphael Veiga por Jailson. A alteração quase surtiu efeito de maneira imediata: aos 43 minutos Jailson cruzou e Hugo chegou um instante antes de Navarro.

Nos minutos restantes da partida o Palmeiras conseguiu neutralizar o adversário até o apito final. Com o empate o Verdão vai a 2 pontos em três rodadas do Brasileirão. O aproveitamento é de 22%.

Sábado (23/4) o Palmeiras recebe o Corinthians na Arena Barueri. O clássico será disputado às 19h.

Notícias relacionadas: