Por Eduardo Luiz
03/05/2022, 16h14

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

A preparação do Palmeiras para atuar nos 2.810 metros de altitude de Sucre na partida de logo mais contra o Independiente Petrolero começou ainda em São Paulo, conforme explicou ao site oficial o coordenador científico Daniel Gonçalves.

“As medidas já estão em prática há algumas semanas, como o monitoramento bioquímico e do sangue dos atletas, pois sabemos que o transporte de oxigênio dentro do corpo tem relação com as hemácias e com o ferro. Sendo assim, já tentamos corrigir isso por alimentação e medicamentos específicos. Implementamos também a hidratação fracionada ao longo do dia, já que a altitude aumenta a frequência respiratória e, por consequência, o ressecamento das vias aéreas e, com isso, uma desidratação maior”, comentou o profissional.

Os goleiros, por exemplo, trabalharam com uma bola mais leve: “O gás hélio é mais leve que o gás colocado na bola normalmente e dá um pouco mais de velocidade e trocas de direções. É uma adaptação para aquilo que a gente vai encontrar lá na altitude. A primeira etapa foi aqui (em São Paulo) e vamos concluir no treino pré-jogo todas essas situações diferentes”, explicou o preparador Rogério Godoy.

De acordo com Daniel Gonçalves, o trabalho preventivo vai minimizar os efeitos da altitude, mas não impedir que os atletas sintam algo: “As medidas em relação à altitude são para minimizar os efeitos negativos, já que eles ocorrerão sob o ponto de vista fisiológico, e também potencializar situações físicas como o aumento da velocidade dos corpos e da bola. Por conta da menor densidade do ar há uma diminuição na pressão de oxigênio, e então, os atletas tendem a ter dificuldades respiratórias, mas, por outro lado, a bola muda sua trajetória e sua velocidade. Quanto mais rapidamente nos adaptarmos a essas questões, sobretudo mental (de o atleta saber o quanto o seu corpo vai sofrer), melhor será a performance no jogo” encerrou.

A partida entre Petrolero x Palmeiras será realizada às 21h30 desta terça-feira. O Verdão lidera o Grupo A com 9 pontos, enquanto que o adversário é o lanterna com apenas 1.