Por Eduardo Luiz
08/09/2021, 08h28

(Foto: Conmebol)

Vice-campeão da Libertadores, o atacante Marinho revelou que o Palmeiras tentou sua contratação, mas o Santos não quis negociar. Além do Verdão, o Atlético-MG também oficializou uma proposta, mas foi outro a ouvir um “não” da equipe da baixada.

“Sim, certo (recebi). Mas foram recusadas. Se as propostas foram recusadas, é porque o presidente viu que não era o momento de sair”, disse o jogador, em entrevista ao canal do jornalista Ademir Quintino.

Recuperado de uma lesão que o tirou dos gramados por 2 meses, Marinho espera, agora, ajudar o Santos na luta contra o rebaixamento (está na 14ª posição com 22 pontos, 3 a mais que o primeiro time do Z4).

“O Santos ficando na primeira divisão, eu aí posso respirar. Faltou o título para eu sair pela porta da frente, para eu poder respirar. Eu sigo trabalhando, sigo firme aqui, vou me dedicar até o último dia” finalizou.

Palmeirense: quando defendia o Vitória, em 2016, Marinho revelou que era torcedor do Palmeiras na infância: “O primeiro time que vi jogar foi o Palmeiras, por isso criei essa visão de gostar do Palmeiras. Na infância era Palmeirense, mas sou profissional hoje e defendo muito o clube em que eu jogo, principalmente”, declarou o atacante, na ocasião.