Por Eduardo Luiz
25/08/2020, 00h11

(Foto: Cesar Greco/Ag.Palmeiras)

Com a decisão do técnico Vanderlei Luxemburgo em recuar Felipe Melo para a zaga, Luan perdeu a vaga de titular, condição que só retomou agora com a lesão do camisa 30. Vindo de boas apresentações ao lado de Gustavo Gómez, o jogador admitiu que fica chateado quando está fora do time, mas que transforma esse sentimento em motivação.

“Você não pode ficar acomodado se está jogando nem aceitar a reserva. Particularmente, quero muito jogar, trabalho muito para jogar e gosto de jogar. Fico muito chateado e revoltado quando estou de fora, mas isso me motiva mais a trabalhar e buscar meu espaço” comentou o defensor, em entrevista ao Fox Sports.

Luan também falou sobre a vitória de domingo sobre o Santos, quando o Verdão voltou a desempenhar um bom futebol. O camisa 13 ficou feliz com o desempenho do time, mas admitiu a necessidade de evolução.

“Fizemos um jogo convincente, um time com posse de bola e que criou mais chances de gol. É assim que vamos trazer o torcedor para o nosso lado, mas não foi a melhor partida das nossas. Ainda vamos melhorar e fazer grandes jogos na temporada, mas isso é no dia a dia” projetou.

O zagueiro ainda finalizou: “Sabemos o tamanho do clube e o que o torcedor quer. O Palmeiras, Academia de Futebol, sempre foi um time bonito de ver e vamos tentar reproduzir. Queremos jogar melhor, porém nosso primeiro objetivo sempre vai ser o resultado”.