Por Eduardo Luiz
10/12/2021, 10h07

(Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Autor do gol que garantiu a vitória do Verdão sobre o Ceará, o atacante Kevin, de apenas 18 anos, comemorou a oportunidade recebida do técnico Paulo Victor e o fato de ter marcado logo na estreia como titular – ele já tinha atuado no jogo contra o Cuiabá (entrou no segundo tempo).

“Primeiramente, agradecer a Deus pela oportunidade que tive de fazer a minha estreia como profissional sendo titular. No momento do gol ali, pensei bastante coisa. Mas a primeira coisa que eu tive que fazer foi dedicar o gol aos meus pais, meus familiares, e minha namorada que estava no estádio, lá em cima, vendo meu jogo”, disse o jogador.

Filho de um conhecido jogador do futebol da várzea de São Paulo, Kevin falou mais sobre a relação com seu pai: “Ele tem uma trajetória bem conhecida na várzea. E todo mundo chama ele de Weah (homenagem ao ex-craque da Libéria). Eu cresci vendo ele jogar. Cresci vendo ele e admirando ele. E hoje ele que me assiste e eu posso dar muito orgulho para ele hoje em dia” concluiu.

Pelo Sub-20, Kevin disputou 30 jogos em 2021, marcou 5 gols e deu 5 assistências. Recentemente ele prorrogou seu contrato com o Verdão até junho de 2026.

Base em alta: escalando praticamente todo time Sub-20 nas últimas três rodadas do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras chegou a 29 atletas da base aproveitados na equipe profissional em 2021, um recorde na história do clube. Antes, o maior número tinha acontecido em 2002, quando 22 jogadores das categorias inferiores atuaram ao longo da temporada.