Por Eduardo Luiz
30/11/2022, 20h13

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

A Justiça de São Paulo rejeitou a queixa-crime movida pelo técnico Abel Ferreira contra o blogueiro flamenguista Mauro Cezar Pereira, que o chamou de “colonizador” em um programa da Jovem Pan. A informação é do UOL Esporte.

O comandante Palmeirense pedia uma indenização de R$ 50 mil, mas de acordo com o juiz Fernando Augusto Andrade Conceição, não houve ofensa nem difamação, e sim uma opinião.

No entendimento de Augusto, o blogueiro “não desbordou da crítica, sem ofensa objetiva ou difamatória, expressando apenas mera opinião a propósito da fala (que ele tinha visão de colonizador)” e que “a mera indicação de que o querelado [aquele contra quem é formulada uma queixa-crime] tem essa visão não ultrapassou os limites da expressão da opinião”.

De acordo com o UOL Esporte, Abel informou que não irá se manifestar sobre a decisão.