Por Eduardo Luiz
16/10/2020, 13h19

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Na entrevista coletiva que concedeu na quinta-feira para explicar a demissão de Vanderlei Luxemburgo e projetar a sequência do trabalho para a definição de um substituto, o presidente Maurício Galiotte também falou sobre a qualidade do elenco Palmeirense.

Citando a reformulação promovida desde o final do ano passado, com vendas e promoções de garotos da base, o presidente disse que vê o grupo com qualidade, mas ao mesmo tempo fez uma cobrança aos jogadores.

“É importante dizer que o Palmeiras está mudando, isso vem ocorrendo. Estamos passando por uma reestruturação. Desde novembro saíram 20 jogadores. Subiram 10 da base e fizemos duas contratações. É um elenco com bons valores, mas que pode entregar muito mais. Mas muito mais. Estamos muito aquém do que podemos entregar” avaliou.

Também presente à coletiva, o diretor de futebol Anderson Barros fez uma avaliação parecida, mas admitiu que o elenco precisa ser reforçado: “O Palmeiras definiu a reestruturação, que sempre é um processo delicado, faz com que alguns objetivos demorem a ser alcançados. Entendemos que estamos em um caminho, que temos um elenco com potencial”.

Sobre reforços, Anderson comentou: “Trabalhamos, sim, para trazer novas peças, fortalecer o elenco e brigar por títulos” concluiu.