Por Eduardo Luiz
21/03/2022, 09h00

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Na entrevista coletiva virtual que concedeu após o empate com o Red Bull Bragantino, o técnico Abel Ferreira voltou a falar sobre a necessidade do Palmeiras contratar um centroavante, já que Deyverson está de saída – o contrato dele vencerá em junho e não será renovado.

“Queríamos contratar dois centroavantes (no início do ano), não é novidade para ninguém. O Deyverson está em fim de ciclo, o clube já avisou. O Navarro é um projeto com tempo, paciência e calma. Queríamos dois, veio um. Esperamos o outro”, comentou o treinador.

Ainda sobre Deyverson, que fez o gol de empate na partida de domingo, mas que dois minutos depois acabou expulso por reclamar com o árbitro, Abel disse o aspecto emocional do atacante precisa ser trabalhado.

“Ele sabe que errou, pediu desculpa. Vamos ajudá-lo enquanto estiver aqui, damos carinho a todos. Ele já sabe a situação dele, vai ser profissional até o fim, sempre que precisarmos. Mas o comportamento pode prejudicar o time. O controle mental é isso, não pode deixar as emoções tirarem o foco. Com ele, acontece com frequência” concluiu.

Pedido antigo: o técnico Abel Ferreira espera pela chegada de um centroavante desde o começo de 2021, quando tinha à disposição Luiz Adriano e Willian para a posição. Desde então a diretoria negociou com alguns nomes, como Borré, Castellanos, Alario e Pedro, mas não conseguiu fechar com nenhum.