Por Tática Didática – Parceiro do PTD
11/08/2021, 09hh53

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

O Palmeiras volta do Morumbi com a vantagem de jogar pelo 0 a 0 em casa. Muito porque o time entrou em campo com a postura diferente do que na partida válida pelo campeonato brasileiro. Abel Ferreira escalou a equipe no 4-3-3, tirando Scarpa do time e colocando um ataque sem referência e rápido.

No primeiro tempo vimos muita disputa de bola. Divididas ríspidas e luta por cada espaço do campo. O São Paulo ameaçava nas bolas paradas. O Palmeiras quando chegava era através da individualidade do Dudu, que jogou de armador. Flutuando tanto pela ponta quanto pelo meio.

Para o segundo tempo o cenário da partida continuou o mesmo. Até que o São Paulo encontra o seu gol após o sistema defensivo do Palmeiras permitir que o Nestor ganhe a dividida e finalize 2 vezes na pequena área, no rebote Luan abriu o placar. Após sair atrás no placar, Abel Ferreira utilizou do elenco palmeirense para conseguir buscar o empate. Dudu chamou o jogo diversas vezes e em uma falta que o camisa 43 sofreu, PK deixou tudo igual. O Palmeiras depois de empatar ainda teve mais volume de jogo e esteve mais próximo da virada, porém a partida terminou em 1 a 1.

O segundo jogo no Allianz Parque começa com o Palmeiras classificado. Acredita-se que continuara sendo um jogo de xadrez, as equipes se estudando e o alviverde esperando um vacilo são paulino que irá se mandar para o ataque. Nada definido, porém com essa postura e ímpeto dos jogadores palmeirenses a esperança de avançar fica um pouco maior para o atual alviverde.