Por Eduardo Luiz
25/05/2022, 00h41

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Depois do Verdão golear pela 5ª vez em 6 rodadas da fase de grupos da Libertadores, o técnico Abel Ferreira analisou a atuação do time diante do Deportivo Táchira. O português destacou a intensidade do time, e afirmou que isso é uma marca registrada da equipe.

“Em momento nenhum baixamos a intensidade, deixamos de agredir a baliza do nosso adversário. Esse é o Palmeiras, essa é nossa identidade. Se hoje jogássemos sem camisa, todos saberiam que era o Palmeiras”, iniciou.

Na sequência Abel falou sobre o fato de o Verdão ter garantido a melhor campanha geral da Libertadores, o que dará a vantagem de decidir em casa todos mata-matas até uma eventual semifinal.

“O ano passado não fizemos a melhor e conseguimos fazer uma campanha extraordinária até a final. No ano anterior falavam que o caminho era fácil, e no ano seguinte tivemos o caminho mais difícil e também chegamos à final”, recordou.

O técnico ainda concluiu: “Não sei se é vantagem (decidir em casa). Pra mim é igual, não mudo a forma de encarar o jogo se é em casa ou fora. Não podemos mudar a forma de jogar. Meus jogadores têm que ter isso na cabeça: ter a certeza do que fazem, ser competitivos e mostrar a nossa qualidade de forma consistente”.

O caminho do Palmeiras em busca do Tetra será traçado na sexta-feira com o sorteio das oitavas de final. O evento acontecerá em Luque, na sede da Conmebol, às 13h (de Brasília).