Por Eduardo Luiz
16/05/2022, 00h01

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Sem um centroavante de nível no elenco, o técnico Abel Ferreira decidiu improvisar Rony na posição desde o ano passado. Se o camisa 10 ainda é contestado por parte da torcida, junto ao português ele goza de muito prestígio.

Na entrevista coletiva que concedeu após a vitória sobre o Red Bull Bragantino, no sábado, Abel encheu a bola do atacante, que no ano passado recebeu uma boa proposta para deixar o clube, mas a mesma foi recusada a pedido do treinador.

“Temos um centroavante emprestado, que é o Rony. Quando eu cheguei ao Palmeiras, ele era ponta. Se eu fizer a pergunta ao Rony sobre onde ele gosta mais de jogar, ele vai dizer: Professor, eu gosto mais de jogar na ponta. E eu vou dizer: Você gosta, mas a equipe precisa de você ali (de centroavante)”, iniciou Abel.

“No ano passado veio uma proposta de 6 milhões de euros para levar o jogador para a Europa. Eu pedi para não vender. Uns gostam, outros não gostam. Eu amo ele”, completou o técnico, se “declarando” ao atacante.

Jogando como centroavante, Rony tem 8 gols e 2 assistências na temporada (em 26 jogos). Ele só tem menos gols que Raphael Veiga (16).

Clique aqui e veja mais números do Verdão em 2022.