Por Eduardo Luiz
21/07/2022, 23h17

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Ao final do jogo na Arena Independência, o técnico Abel Ferreira analisou a atuação do Palmeiras, que venceu o América-MG por 1 a 0 e abriu 4 pontos de vantagem na liderança do Brasileirão (36 x 32 para Atlético-MG e Corinthians).

O treinador valorizou o resultado positivo e admitiu que o Verdão teve sorte no último lance, em chance incrível perdida por Juninho.

“Sabíamos que seria difícil, o América é uma equipe que gosta de jogar e contra-atacar. Não vou dizer que me surpreendeu, mas nos deu trabalho. No segundo tempo, depois do 1 a 0, tivemos a chance para o 2 a 0 e desperdiçamos. Depois, nesse último lance, tivemos sorte ou outra coisa. Só sei explicar da minha maneira. Eu assumo, gostaria de saber se é sorte ou felicidade. Deixo para vocês explicarem” iniciou.

“Depois do soco que levamos na Copa (do Brasil), esses guerreiros foram trabalhar novamente. Essa equipe tem sido regular, seguiremos competitivos no Brasileiro e sendo fiéis aos nossos princípios” completou o português.

Por fim, Abel falou brevemente sobre as estreias de Merentiel e López: “O Merentiel e o López são dois jogadores que temos de desenvolver, não são jogadores prontos. A nossa função, enquanto equipe técnica, é olhar para a base e desenvolvê-los. É um processo que leva tempo. O Merentiel fez um bom primeiro tempo, tem muito para crescer e aprender. O López é um rapaz jovem, bem disposto e que rapidamente se adaptou. Vamos com calma e paciência, como sempre fazemos” concluiu.

O Verdão terá pouco tempo para descansar; o próximo jogo será já no domingo (24/7) contra o Internacional, no Allianz Parque, às 16h.