Por Eduardo Luiz
21/07/2022, 21h55

Gustavo Scarpa foi o autor do gol da vitória por 1 a 0; Palmeiras vai a 36 pontos e deixa concorrentes diretos mais distantes.

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Primeiro tempo

Tendo a estreia do uruguaio Miguel Merentiel como principal novidade, o Palmeiras iniciou o jogo vendo o América-MG tomar a iniciativa. Logo aos 55 segundos Pedrinho passou por Marcos Rocha e tocou para Matheuzinho, que dentro da área teve o chute bloqueado por Luan. Depois desse lance os mandantes permaneceram com mais posse de bola, mas sem conseguir criar jogadas de perigo.

Após muito marasmo, o Verdão finalmente acordou aos 20 minutos: Wesley tocou para Marcos Rocha cruzar por baixo; Merentiel e Dudu se atiraram na bola, mas não alcançaram. Aos 23, Dudu fez boa jogada individual e cruzou; Conti cortou e só não fez contra porque o goleiro salvou sem querer, com a perna.

Já melhor que o adversário, o Palmeiras abriu o placar aos 23 minutos com Wesley, mas o gol foi corretamente anulado porque Dudu estava impedido no começo da jogada (após Gómez desviar de cabeça em lateral cobrado por Marcos Rocha). Aos 26, Raphael Veiga arriscou de longe e levou certo perigo à meta de Matheus Cavichioli.

A resposta do América-MG não demorou e veio na mesma moeda. Aos 27 minutos Danilo Avelar soltou a bomba e viu a bola passar perto da trave direita de Weverton. Aos 31, Avelar cruzou e Juninho escorou fraco, fácil para o camisa 21 Palmeirense. Aos 35 minutos Dudu arrancou, tocou para Raphael Veiga, o meia não conseguiu dominar e a bola sobrou para Dudu chutar mal, por cima.

Antes do primeiro tempo terminar cada equipe finalizou uma vez, o América-MG aos 37, com Everaldo, e o Palmeiras aos 43, com Danilo, mas ambos erraram o alvo por muito.

continua após a publicidade

Segundo tempo

Ciente do empate do Atlético-MG com o Cuiabá, o Palmeiras iniciou o segundo tempo procurando o gol desde o começo. No primeiro minuto Wesley e Raphael Veiga tiveram ótimas oportunidades para finalizar já de dentro da área, mas demoraram e foram desarmados. Aos 3, Dudu fez fila, entrou na área mas bateu em cima de Conti.

Aos 6 minutos Zé Rafael cobrou falta da entrada da área direto nas mãos do goleiro. Aos 10, o técnico Abel Ferreira promoveu duas alterações: Raphael Veiga por Gustavo Scarpa, e Merentiel por López, um estreante por outro. Aos 12, Dudu iniciou a jogada e tocou para López, que tirou do goleiro, mas na sequência Iago Maidana afastou. No lance seguinte Scarpa tentou de direita, fraco, para fora.

O América só foi responder à pressão alviverde aos 17 minutos, em lance todo irregular que a arbitragem mandou seguir: Matheuzinho passou por Luan e cruzou para Juninho empurrar Marcos Rocha e ajeitar para Henrique Almeida, que também empurrou Danilo para concluir de cabeça e parar em boa defesa de Weverton.

O Verdão não se intimidou com a investida do adversário. Aos 20 minutos Scarpa recebeu de Marcos Rocha, limpou e chutou com categoria no ângulo direito de Matheus Cavichioli: golaço! 1 a 0. Depois de abrir o placar, o Palmeiras manteve a posse e voltou a levar perigo aos 27, novamente com Scarpa, que recebeu em posição legal de Zé Rafael, mas que exagerou nas fintas antes de chutar em cima do zagueiro.

Aos 31 minutos Dudu fez boa jogada, a defesa cortou parcialmente e sobrou para Zé Rafael, dentro da área, perder o ângulo para finalizar. Logo na sequência Abel fez mais duas mexidas: Dudu e Wesley saíram para as entradas de Mayke e Breno Lopes, respectivamente. Aos 34, López arriscou de fora da área, fraco, fácil para Matheus Cavichioli. No minuto seguinte o argentino fez ótima jogada e deu o gol de presente para Scarpa, que furou de maneira inacreditável.

Amarelado, Danilo deixou o jogo aos 41 minutos. Gabriel Menino entrou em seu lugar. Aos 45, Breno Lopes cruzou, Mayke ajeitou de cabeça para López finalizar de letra, rente à trave direita do goleiro. Aos 46 minutos, num contra-ataque de três contra um, Scarpa tocou para Zé Rafael finalizar de canhota, muito mal. No último lance do jogo, após López cometer falta na intermediária, Raúl Cáceres ajeitou para Juninho perder gol incrível, já com Weverton batido. Ufa! Nem deu tempo para a cobrança do tiro de meta.

Com a vitória em Belo Horizonte o Palmeiras vai a 36 pontos e abre 4 de vantagem para os concorrentes mais próximos, Atlético-MG e Corinthians.

Na próxima rodada o Verdão enfrentará o Internacional. O jogo acontecerá no domingo (24/7), às 16h, no Allianz Parque.

Notícias relacionadas: