Por Eduardo Luiz
18/05/2021, 22h54

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Ao final do jogo no Allianz Parque, o técnico Abel Ferreira analisou a atuação do Palmeiras na derrota para o Defensya y Justicia, a quinta do Verdão na temporada, sendo a quarta em casa (todas sem força máxima).

Para o comandante Palmeirense, o resultado não traduziu o que aconteceu na partida: “O jogo, muitas vezes, tem o fator sorte. Na minha opinião, fizemos um jogo de qualidade ofensiva, criamos oportunidades… Estivemos sempre atrás do resultado, mas com qualidade no jogo” avaliou.

“Trocamos toda equipe, fizemos três gols e ainda tivemos a possibilidade de fazer o quarto, nos pés do Lucas Lima. Infelizmente não fizemos, e depois o jogo é definido por detalhes” completou, se referindo ao gol no último minuto.

Por fim, Abel se disse orgulhoso da atuação do time: “Se tivesse que resumir a partida em duas frases, seria: Orgulho tremendo da minha equipe, e Muita felicidade do adversário”.

Mesmo com a derrota, o Palmeiras não perde mais a liderança do Grupo A da Libertadores. Na quinta-feira da semana que vem o Verdão encerra a participação na fase de grupos recebendo o Universitario.