Por Eduardo Luiz
29/01/2021, 15h56

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Presente ao Maracanã no início da tarde de sexta-feira com a delegação do Palmeiras para fazer o reconhecimento do gramado, o técnico Abel Ferreira também participou de uma entrevista coletiva organizada pela Conmebol para promover a final da Libertadores, marcada para 17h de sábado.

Destacando a importância do jogo contra o Santos, Abel disse que o Verdão não vai adotar uma estratégia diferente para a decisão; para ele, o time tem de repetir o que foi feito até aqui.

“Temos de ser fieis à nossa forma de atacar, de defender. Não há outra forma, é a nossa identidade. O que nos guia é a bola quando a temos e quando não a temos. Temos de impor nosso jogo. Do outro lado vai ter um rival que vai querer tanto quanto nós. Que possamos seguir o plano de jogo e no final sermos vencedores. É um jogo só, nosso objetivo, além de chegar, é chegar e ganhar” iniciou o treinador.

“Cada jogo tem uma história. Eu, particularmente, vou fazer o que sempre fiz. Preparar-me bem, estar atento aos detalhes… Não vou fazer o que não sei fazer, vou seguir os mesmos rituais, vou acreditar em quem tem de acreditar, os jogadores” completou.

Abel encerrou reafirmando a confiança no grupo e dizendo que o Palmeiras está pronto: “Posso dizer que estamos prontos. Não posso dizer o que vai acontecer no final porque não sou mágico. Sabemos o que temos de fazer. Essa é a nossa certeza, a nossa confiança. É isso que vamos procurar, desde o começo, por em prática o que sabemos fazer, que é jogar em alto nível”.