Por Eduardo Luiz
20/11/2021, 22h37

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Depois do Palmeiras conhecer a terceira derrota seguida no Brasileirão, desta vez para o Fortaleza, o técnico Abel Ferreira analisou a atuação do time, que ao contrário do clássico contra o São Paulo, teve força máxima, praticamente.

Abel viu o primeiro tempo equilibrado e aprovou o desempenho do Verdão na etapa final: “A primeira parte foi equilibrada e, na segunda, merecíamos ter feito gols, mas temos de aceitar. O jogo tem três resultados possíveis. A equipe produziu, mas não fez gols. Futebol é isso. Criamos oportunidades, e tivemos um gol bem anulado. Fizemos uma excelente segunda parte, mas tivemos dois obstáculos: o adversário e o gramado”.

Na sequência, já pensando na final da Libertadores contra o Flamengo, no próximo sábado, o comandante Palmeirense apontou um lado positivo: não perder ninguém por lesão: “Contra essa equipe, pelo número de faltas e pelo gramado, não sofrer lesões já é positivo” encerrou.

Dos jogadores cotados para atuarem em Montevidéu, apenas Felipe Melo não foi utilizado – o camisa 30, com dores no joelho, sequer viajou a Fortaleza.

Na terça-feira (23/11), provavelmente com um time todo reserva, o Palmeiras receberá o Atlético-MG, às 21h30, no Allianz Parque. A preparação para a decisão da Libertadores vai começar na quarta-feira – treino de manhã e viagem para Montevidéu de tarde.