Por Eduardo Luiz
15/04/2021, 12h00

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Depois de uma excepcional temporada de 2020, vencendo todas finais que participou, o Palmeiras iniciou 2021 experimentando o outro lado da moeda, perdendo duas taças em duas decisões de pênaltis. Comandante em 2 dois 3 títulos da última temporada, o técnico Abel Ferreira admitiu que será um desafio fazer o Verdão reagir após as frustrações na Recopa e na Supercopa.

“Vai ser um desafio. Não sei como vamos reagir. Foram dois jogos que perdemos nos pênaltis, com tudo para ganhar. Agora, temos que sofrer, que é o que estou fazendo, e caminhar para frente” disse o treinador, que também tratou de lembrar os feitos recentes do time.

“Para perder, é preciso percorrer a trajetória para chegar aqui. Essa equipe ganhou, não comigo, o Paulista, perdeu um Brasileiro porque era impossível com o calendário e a quantidade de jogos que tinha, ganhou a Libertadores, perdemos o Mundial porque fomos lá. Ganhamos a Copa do Brasil porque fomos à final. Perdemos a Supercopa e a Recopa porque chegamos nelas. Às vezes ganhamos, outras vezes perdemos” comentou Abel, após a derrota para o Defensa y Justicia.

O português ainda finalizou: “Tenho um orgulho tremendo dessa equipe. Sabemos que será um ano difícil para nós, pode todas as circunstâncias. Mas, como disse, agora é sofrer, suportar e seguir em frente”.

Próximos desafios: o Palmeiras já iniciou a disputa do Campeonato Paulista – fez 4 jogos, e na próxima quarta-feira (21/4) vai estrear na Libertadores contra o Universitario, do Peru.