Por Eduardo Luiz
09/08/2022, 09h00

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Acostumado a disputar jogos decisivos, o Palmeiras enfrentará o Atlético-MG na noite desta quarta-feira, no Allianz Parque, precisando vencer para se classificar para a semifinal da Libertadores pelo terceiro ano seguido, e na avaliação do meia Raphael Veiga a “casca” que o time adquiriu nos últimos será um trunfo extra para o confronto.

“Já falei algumas outras vezes que nosso time criou maturidade com os jogos grandes que passamos. Sabemos jogar o jogo em determinadas circunstâncias, independentemente se estamos ganhando ou perdendo”, iniciou o meia, que recordou a situação difícil que o Verdão passou no Mineirão.

“Quando tomamos o segundo gol, não nos abatemos, não nos desorganizamos. Isso ajuda, conseguimos dois gols importantes e agora decidimos em casa. Sabemos que está empatado, não tem mais saldo de gol, mas temos tudo para fazer um bom jogo e sair com a vitória” completou Veiga, em depoimento ao site oficial.

Por fim, o meia falou sobre a boa fase do Palmeiras no Brasileirão, torneio que é líder com 6 pontos de vantagem para o segundo colocado. O camisa 23 acredita que o bom momento no nacional servirá para o time entrar mais confiante na partida contra o Atlético-MG.

“No Brasileiro, é sempre importante conseguirmos as vitórias, principalmente em casa. Tivemos muita intensidade do começo ao fim, soubemos ser eficiente nas finalizações, nos cruzamentos, chegávamos com bastante perigo. As estatísticas mostram que quem tem a melhor defesa e o melhor ataque tem uma chance maior de ser campeão, e estamos buscando isso. Fazer três gols mostra que nosso ataque está funcionando, e não tomar gols mostra que a defesa está funcionando. Fico feliz pela nossa vitória e pelo desempenho da equipe, sei que isso dá confiança para o jogo de quarta” concluiu.

Com o gol que marcou na vitória sobre o Ceará, Raphael Veiga chegou a 18 e voltou a dividir com Rony o posto de principal artilheiro do Verdão na temporada.