Por Eduardo Luiz
06/07/2020, 10h59

(Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Contrariando a vontade dos times paulistas que solicitaram o adiamento do início do Campeonato Brasileiro alegando que precisam de mais tempo de preparação, o presidente da CBF afirmou que não há margem para negociar uma data que não seja 09 de agosto, conforme ficou pré-definido em Conselho Técnico realizado há 10 dias (mediante aval das autoridades).

“Na Série A, houve um voto dissidente sobre o mando (do Athletico-PR), mas nenhuma dúvida se a competição vai começar ou não dia 9 de agosto. Brasileirão é algo definido e determinado. A Série B inicia no dia 8, na véspera. Definimos com a Série C que ela recomeçará na mesma data da B. A Copa do Brasil volta em 26 de agosto” disse Rogério Caboclo, em entrevista ao O Globo.

Para explicar a postura irredutível, Caboclo citou o calendário apertado não apenas de 2020: “Vai invadir janeiro, fevereiro, pode chegar a meados do mês. Mas temos algumas premissas que vão além. Muita gente não leva em consideração. Nosso horizonte é a Copa do Mundo de 2022, marcada para começar em novembro. Obriga o nosso calendário a terminar pelo menos um mês antes, em outubro de 2022. Temos que encerrar 2020 na segunda quinzena de fevereiro, iniciar os estaduais na última semana do mesmo mês, o Brasileiro no final de maio de 2021”.

continua após a publicidade

O presidente da CBF finalizou dizendo que em função da falta de datas não será possível respeitar as Datas Fifa (paralisar o Brasileirão quando a seleção for jogar): “Infelizmente, é impossível. Lamento profundamente, mas nem considero como uma questão não cumprida. Diante do que aconteceu, essa questão não é nem cogitável mais. Se fôssemos preservar a seleção, não entregaríamos as competições. Todos vão compreender que é impossível”.

Agenda: além de mais tempo de preparação, os times de São Paulo se preocupam com a possibilidade de ter de iniciar a disputa do Brasileirão com a fase final do Campeonato Paulista em curso, já que o governo estadual sinalizou liberar a retomada do futebol apenas em meados de agosto. O torneio foi interrompido faltando 6 datas para ser finalizado.