Por Eduardo Luiz
22/01/2022, 21h06 – Atualizado às 21h59

(Foto: Roberto Zacarias)

Repetindo a postura dos últimos jogos, o Palmeiras iniciou a partida tomando a iniciativa. Com menos de 1 minuto de bola rolando o Verdão já tinha criado uma boa chance, mas o lance foi invalidado por impedimento de Gabriel Silva. Aos 4, a jogada valeu: Giovani aproveitou vacilo de dois zagueiros na entrada da área, roubou a bola e tocou na saída do goleiro: 1 a 0.

Atrás no placar, o São Paulo se lançou todo ao ataque, deixando sua defesa desprotegida. O Palmeiras teve algumas oportunidades para fazer o segundo nos contra-ataques, mas quando não errou o último passe ou a a conclusão, estava impedido.

Aos 12 minutos, Vitinho, do São Paulo, invadiu a área nas costas de Garcia e chutou no travessão. Aos 14, Maiolli soltou a bomba de dentro da área e parou em boa defesa de Mateus. Perto do fim do primeiro tempo, cada time teve uma boa chance, o Palmeiras em cabeçada de Gabriel Silva que o goleiro fez boa defesa, e o rival novamente com Maiolli, também de cabeça após cobrança de falta.

O Palmeiras voltou para a etapa final sem alterações, mas com outra postura. Satisfeito com o placar magro, o técnico Paulo Victor armou um ferrolho. Com mais posse de bola, o São Paulo passou a rondar a área alviverde, mas sem conseguir criar chances claras para o empate.

Apenas aos 16 minutos PV mandou Endrick a campo; o garoto entrou no lugar de Gabriel Silva, mas com a equipe totalmente recuada ele praticamente não participava do jogo. Na metade do segundo tempo o treinador promoveu 4 alterações que deixaram o time ainda mais fechado.

O castigo quase veio aos 48 minutos, quando Thales mandou na trave após ajeitada de cabeça do companheiro. Aos 50, houve invasão de campo por parte dos torcedores sãopaulinos, e um deles portava uma faca. Mesmo diante de uma série ameaça à integridade física dos jogadores do Palmeiras, o árbitro reiniciou a partida. Foram mais 2 minutos de bola rolando até o apito final.

Classificado para a final da Copa São Paulo, o Palmeiras enfrentará o Santos na terça-feira (25/1). A decisão provavelmente acontecerá no Allianz Parque, às 16h, mas a FPF ainda vai confirmar.