Por Eduardo Luiz
14/01/2020, 20h59

(Foto: Cesar Greco/Ag.Palmeiras)

A ausência do volante Matheus Fernandes até entre os reservas no treino de terça-feira foi justificada poucas horas depois: a negociação com o Barcelona avançou e está por detalhes para ser fechada. A informação foi divulgada pelo jornalista Paulo Vinícius Coelho.

A proposta inicial, de 6 milhões de euros, foi recusada pelo Palmeiras, mas a equipe catalã não desistiu e deve levar o jogador nas seguintes condições: 7 milhões de euros à vista + 4 milhões de euros no futuro, dependendo de metas a serem alcançadas pelo volante.

Dono de 75% dos direitos econômicos de Matheus Fernandes, o Verdão terá de repassar 25% ao Botafogo, ou seja, embolsará 5,25 milhões de euros agora (R$ 24 milhões) e depois mais 3 milhões de euros (R$ 13,7 mi), totalizando 8,25 milhões de euros (R$ 37,7 milhões) – isso se todas metas forem alcançadas.

Em 2019, para tirar Matheus Fernandes do Botafogo, o Palmeiras desembolsou 3,5 milhões de euros (R$ 15,4 milhões). O volante disputou apenas 12 partidas e marcou 1 gol.

Com a iminente saída de Matheus Fernandes o Verdão passará a contar com apenas 4 volantes: Bruno Henrique, Ramires, Patrick de Paula e Gabriel Menino (já desconsiderando Felipe Melo, que será aproveitado como zagueiro, e Jean, que também está de saída).