Por Eduardo Luiz
19/08/2021, 14h26

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Em uma breve nota publicada nas redes sociais oficiais no começo da tarde de quinta-feira, o Palmeiras descartou a possibilidade de mudar o local do jogo de ida da semifinal da Libertadores contra o Atlético-MG para ter público no estádio.

Em São Paulo, de acordo com o governador João Doria, os clubes poderão receber de volta os torcedores a partir de 1º de novembro. Em Minas Gerais a volta do público já foi permitida. Para não haver desvantagem esportiva, torcedores sugeriram do Verdão transferir a partida para algum estado que já liberou a volta do público, mas a diretoria refutou a ideia.

“Jogaremos a partida de ida da semifinal da Libertadores no Allianz Parque, que é a nossa casa. O Palmeiras, de forma coerente, continuará a respeitar as decisões dos órgãos competentes. A presença ou não de público será determinada pelas regras das autoridades”, publicou o clube, em nota assinada pelo presidente Maurício Galiotte.

A Conmebol ainda vai divulgar as datas dos jogos entre Palmeiras e Atlético-MG, mas já se sabe que acontecerão em setembro, nas semanas dos dias 21 e 28. Dona da melhor campanha da fase de grupos (por 1 ponto), a equipe mineira terá a vantagem de decidir em casa.