Por Eduardo Luiz
14/10/2020, 20h06

Weverton: 6,0
Mostrou comprometimento ao jogar menos de 24h depois de ter ido a campo pela seleção. Evitou um placar pior.

Marcos Rocha: zero
Falhou no primeiro gol. O atacante estava livre nas suas costas.

Rony: 3,0
Vontade não faltou. Só se atrapalhou com a bola mesmo.

Felipe Melo: zero
Cerca frango.

Renan: –
Vamos preservar o garoto.

Esteves: –
Saiu aos 23 minutos sentindo algo na coxa.

Willian: 2,0
Não precisava tocar pro Veron aquela bola. O companheiro estava nitidamente impedido e ele tinha ângulo para finalizar.

Patrick de Paula: 5,0
Tem virado rotina começar mal os jogos, mas depois melhorou. Não deveria ter saído no intervalo.

Danilo: 4,0
Entrou para reforçar a marcação, mas sozinho não teve sucesso.

Gabriel Menino: 4,0
A exemplo de Weverton, também mostrou comprometimento, mas foi mal. Principalmente como lateral. Deixou uma avenida nas costas.

Zé Rafael: zero
Inútil.

Ramires: zero
Manteve o nível do titular.

Veron: 5,5
Pelo gol.

Scarpa: 4,5
Como ponta não rendeu. Foi menos pior como lateral.

Luiz Adriano: 3,0
Saiu muito da área. Mais atrapalhou do que ajudou.

Raphael Veiga: –
Nem ele deve ter entendi a entrada aos 40 do segundo tempo.

Luxemburgo: zero.
Não tem nada que justifique sua permanência. Precisa cair logo, ou o rebaixamento é certo. Assim como as eliminações na Copa do Brasil e Libertadores. É um ex-treinador em atividade.