Por Eduardo Luiz
24/07/2021, 21h12

Weverton: 6,5
Uma boa defesa, num lance anulado pelo assistente mas que não existiu impedimento.

Marcos Rocha: 5,5
O Fluminense chegou muito por seu lado.

Felipe Melo: 7,0
Fez o terceiro jogo seguido como zagueiro, e tirando pequenas oscilações, foi bem.

Gómez: 7,0
Teve mais trabalho que o habitual, mas deu conta do recado.

Renan: 6,5
Seguro.

Zé Rafael: 7,5
Salvou um gol do Fluminense. Não repetiu o nível das últimas atuações principalmente porque prendeu demais a bola em algumas jogadas, mas no geral foi bem.

Victor Luis: –
Entrou aos 44 do segundo tempo.

Danilo: 5,5
Atuação bem abaixo do normal.

Scarpa: 5,5
Outro que não foi bem. Nem as bolas paradas manteve a qualidade habitual.

Dudu: 5,5
Tinha entrado bem contra a Católica, mas não conseguiu repetir a atuação. De melhor, um bom passe para Willian perder boa chance.

Raphael Veiga: 7,0
Fez a jogada do gol contra de Manuel aproveitando vacilo de Egídio. Melhorou de rendimento quando passou a jogar por dentro, mas logo saiu.

Patrick de Paula: 5,0
Entrou para reforçar a marcação nos minutos finais.

Wesley: 5,5
Teve poucas oportunidades para fazer sua principal jogada. E na recomposição mostrou a falta de jeito habitual, cometendo faltas bobas.

Breno Lopes: 5,0
Não entrou bem. Pelo menos marcou melhor que Wesley.

Deyverson: 5,5
Mantendo o nível de quase todo time, não foi bem.

Willian: 6,0
Mais ligado que Deyverson, perdeu uma boa chance.

Abel Ferreira/João Martins: 6,0
Valeu pela vitória. O time jogou com força máxima, mas parecia desconcentrado. A aplicação melhorou no segundo tempo, quando o gol saiu. Mas foi um erro deixar o time novamente sem nenhum meia. O Fluminense cresceu e ameaçou o resultado.