Por Eduardo Luiz
29/08/2022, 09h19

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

A semifinal da Libertadores 2022 será a quinta na carreira de Marcos Rocha, sendo a quarta pelo Palmeiras. “Especialista” em disputar fases decisivas da competição continental, o lateral-direito projetou os confrontos contra o Athletico-PR, o primeiro já nesta terça-feira, às 21h30, em Curitiba.

“Hoje, estou tendo mais uma oportunidade, serão dois jogos de dificuldades e de peso contra uma equipe bem treinada pelo Felipão, que também vem vivendo um bom momento. Então, serão dois jogos difíceis, mas tenho certeza de que o Palmeiras está preparado mais uma vez para fazer dois grandes jogos e, se tudo ocorrer bem, que a gente possa chegar a mais uma final”, iniciou o jogador, em depoimento ao site oficial.

“Me sinto muito bem jogando Libertadores, é uma competição gostosa e prazerosa, ainda mais vestindo a camisa do Palmeiras, que conta jogadores de tanta qualidade. Isso me dá um entusiasmo e uma confiança ainda maiores por poder chegar sempre perto das finais”, completou Rocha, que tem três títulos de Libertadores (um pelo Atlético-MG).

Por fim, Marcos Rocha falou sobre a disputa pela titularidade com Mayke, que chegou a ser seu rival na época de futebol mineiro e que hoje disputa uma vaga na equipe; o camisa 2 se disse contente com a boa fase do companheiro e valorizou a concorrência.

“Fico muito feliz por ser companheiro do Mayke no Palmeiras. A gente já foi rival há muito tempo, quando nem nos falávamos, e viemos nos encontrar aqui e ter esse respeito, cada um entendendo o seu momento. Fico feliz de ele ter reencontrado o seu bom futebol após passar por um momento de lesões e por vê-lo hoje muito bem fisicamente. Isso também me dá tranquilidade pensando em situações minhas de suspensão ou lesão, como aconteceu na última final da Libertadores, quando ele foi muito bem, deu assistência e conseguiu nos ajudar a ser bicampeão. É continuar trabalhando, com cada um buscando o seu espaço, e quem vai decidir quem vai jogar é o Abel, pois quem tem que ganhar é o Palmeiras e seus torcedores” encerrou.