Por Eduardo Luiz
08/02/2022, 19h04

(Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Um dos destaques do Palmeiras na vitória sobre o Al Ahly pela semifinal do Mundial, o zagueiro Luan preferiu valorizar a boa atuação coletiva ao invés de enaltecer o seu desempenho pessoal.

“Não gosto de falar de mim. Eu tenho oportunidade, duas ou três vezes na semana, de colocar em prática o que treino, o que faço e o que eu sou. Feliz pela partida de todos, é fruto de um grande trabalho”, comentou o camisa 13, na zona mista do estádio.

A exemplo dos companheiros e do técnico Abel Ferreira, Luan disse que o Verdão fez por merecer a classificação: “Não é fácil chegar aqui, muito menos na final do Mundial. O Al Ahly é uma grande equipe, está no Mundial quase sempre e sofremos com eles no ano passado. No Brasil não se fala muito, mas não podemos menosprezar o trabalho deles. É dar os parabéns, mas hoje o Palmeiras foi melhor e saiu vencedor”.

Para encerrar, o defensor comemorou o fato de ter atuado com a família presente: “Não parava de olhar para minha família na arquibancada, fiz questão que todos estivessem aqui. Passamos por tanta coisa juntos. É difícil conquistar a glória no esporte, sabemos a realidade do país, poucos chegam aqui”.

Com vaga garantida na final do Mundial, o Verdão espera pelo ganhador de Chelsea x Al Hilal, que jogarão nesta quarta-feira, às 13h30 (de Brasília).