Por Eduardo Luiz
30/04/2021, 15h59

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Dependendo de uma combinação de resultados, o Palmeiras pode confirmar a eliminação no Campeonato Paulista já no domingo, ainda com duas rodadas da fase de grupos para disputar. Na avaliação do presidente Maurício Galiotte, no entanto, a possível eliminação – agora ou mais adiante – não pode ser considerada como “vexame” em função do planejamento que o clube traçou.

“O Palmeiras sempre planejou o Paulistão como um período de pré-temporada. Tem ajustes no time, reforços, tudo já planilhado, tudo no orçamento. Há um alinhamento com comissão técnica e diretoria”, explicou Galiotte, em entrevista ao site Ge.

“É uma situação que faz parte do processo a partir do momento em que você opta por esse planejamento. Não tem isso de vexame. Iniciamos o Paulistão no meio da decisão da Copa do Brasil, o clube tem que escolher qual caminho seguir” completou.

Assim como disse Galiotte, o Verdão estreou no estadual 4 dias antes de disputar a segunda partida da final da Copa do Brasil (empatou em 2 a 2 com o Corinthians, em Itaquera). Depois, por causa da paralisação determinada pelo MP-SP, voltou a disputar o torneio em meio à uma maratona com jogos da Recopa e Supercopa.