Por Eduardo Luiz
19/06/2022, 21h45 – Atualizado às 23h57

(Foto: Divulgação)

Rafael Traci, árbitro catarinense que trabalhou como VAR no jogo de domingo entre Internacional x Botafogo, em Porto Alegre, e que foi responsável por um erro absurdo, está escalado para ser VAR no clássico desta segunda-feira entre São Paulo x Palmeiras, no Morumbi.

Logo aos 7 minutos de bola rolando no Beira-Rio, o árbitro de campo Savio Pereira Sampaio não assinalou pênalti em um lance claro de bola no peito. O VAR, no entanto, o chamou para revisão indicando um toque de mão. E inexplicavelmente Savio concorda com a avaliação. Veja abaixo.

A CBF ainda não anunciou se haverá alteração na equipe de arbitragem. Por enquanto Traci está mantido como VAR do clássico. O árbitro principal será o gaúcho Anderson Daronco. Ele será assistido por Rafael da Silva Alves e Michael Stanislau, ambos também do Rio Grande do Sul.

Outros “erros”: a rodada de domingo foi desastrosa para a arbitragem. Além do absurdo cometido no Beira-Rio, o Goiás também foi muito prejudicado diante do Corinthians, em Itaquera, ao ser derrotado por 1 a 0 com um gol de pênalti inexistente e ao não ter outro pênalti claro assinado a seu favor.